Opinião
Publicada em 02/12/2019 - 23h47min

Todos errados

O dia em que todo mundo errou. Assim pode ser classificada a madrugada do último domingo, quando nove pessoas morreram pisoteadas, sendo dois mogianos, e sete que ficaram feridas após ação policial na maior favela de São Paulo, Paraisópolis, no bairro do Morumbi, em um baile funk a céu aberto que acontecia na comunidade.
Até o momento, a ação da Polícia Militar, com hipótese de ter sido excessiva e violenta, está sendo investigada pela própria corporação. Os PMs que atuaram no episódio afirmam que houve perseguição a dois homens em uma motocicleta, que atiraram contra os agentes que realizavam a Operação Pancadão na favela.
Segundo a PM, na perseguição, a moto teria ido em direção ao baile funk ainda efetuando disparos, ocasionando um tumulto entre os frequentadores do evento. Tapas na cara, golpes com cassetete, socos e pontapés foram desferidos por parte dos policiais contra alguns dos 5 mil jovens que participavam da festa. O evento, diga-se de passagem, não apresenta qualquer segurança e sequer deveria acontecer.
Sabemos que esses bailes fazem parte da cultura brasileira e que muitas vezes é a única opção de lazer para os jovens carentes, mas é preciso ter o mínimo de organização e controle. É inadmissível que uma festa desse porte aconteça em qualquer lugar do Brasil sem fiscalização do Poder Público, sem segurança, com muita bebida, drogas e o com a presença de menores.
É inadmissível também que a polícia atue de forma irracional, tratando todos como bandidos, promovendo também a desordem, o tumulto e o corre-corre - caso isso tenha ocorrido. É preocupante que menores de apenas 14 anos estejam de madrugada nas ruas, participando de bailes que não são feitos para sua idade e próximos das drogas e das bebidas. É responsabilidade dos pais permitir ou proibir que adolescentes frequentem essas festas.
Depois que tragédias como essas acontecem, não adianta falar: "foi a primeira vez que ele foi", ou que foi tudo dentro do protocolo policial. Estão todos errados.
Compartilhe

Video

Mais vistos