Artigos
Publicada em 02/02/2020 - 01h07min

Mauro Jordão

O lixo do luxo

A nossa cultura humanista distorce a verdade e nos ensina a valorizar as pessoas naquilo que vestem e no que comem. Pesquisas afirmam que para saber o status de uma família basta analisar diariamente o lixo da casa. A ditadura da moda faz a pessoa cobiçar carro de luxo, jeans de etiqueta famosa, construir a casa com metragem acima do necessário, esculpir o corpo pela lipoaspiração, retirando demais o que devia deixar.
A França, país da moda, está tentando aprovar a lei contra o desperdício que atinge principalmente a indústria da moda que movimenta 150 bilhões de euros por ano. Artigos de luxo, que não foram vendidos, são incinerados anualmente avaliados em 650 milhões de euros a fim de manter o alto preço desse mercado. Se o texto for aprovado, todo esse estoque do rico "lixo do luxo" terá de ser doado.
Somos pressionados a gastar muito para ser feliz. Não é o que temos que nos faz feliz, é o que somos. O insano desejo de ter o que o outro tem nos despersonaliza. No desejo de querer mais, primeiro, temos de aprender a administrar o que já temos. A ambição é sadia desde que não se converta na cobiça aquecida pela inveja.
Bill Gates disse: "A maneira como você coleta, gerencia e utiliza as informações determina se você vai vencer ou perder". Tem gente que semeia pouco, não rega e não aduba, e mesmo assim quer colheita abundante. O homem natural, sem paz interior, busca aconselhamentos nos livros de autoajuda, deixando de colher sabedoria na Palavra de Deus; assim, governa mal a sua vida e colhe os frutos amargos da imprudência que produz derrota moral e espiritual.
O conceito social de felicidade esteve sempre desvirtuado, desde o passado, como nessa frase: "É melhor chorar num Mustang do que sorrir num bonde". Será que os ricos sofrem menos que os pobres? Dinheiro compra o conforto, mas não a felicidade. Mustang não é suficiente para enxugar as lágrimas dos ricos, e nem quem anda de bonde é obrigado a ser infeliz. Sem Deus, o amor se esfria e a chama da fé se apaga.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos