Cidades
Publicada em 17/02/2020 - 23h53min

Thamires Marcelino*
Nas ruas

Pré-Carnaval em Mogi ocorre de forma pacífica

Em ritmo de pré-carnaval, muitas pessoas já começaram a se reunir nos famosos bloquinhos de rua, tanto na capital quanto nas cidades do Alto Tietê. No final de semana passado, os mogianos já foram às ruas para farrear. Não houve registro de confusão. Já na capital paulista, apesar das festividades que os blocos promoveram, um confronto com a polícia deixou cinco pessoas baleadas na avenida Engenheiro Luís Carlos, no Brooklin. 
De acordo com o amigo de uma das vítimas, um homem tentou puxar a corrente do policial civil, que reagiu atirando contra o indivíduo e acabou acertando pessoas inocentes em meio à multidão. Por sua vez, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que os policiais tomaram uma medida necessária.
Para tranquilizar a população mogiana, a Secretaria Municipal de Segurança afirmou que os Guardas Civis Municipais (GCMs) atuam em conjunto com a Polícia Militar (PM) em prol da segurança pública durante essas comemorações festivas. 
Atualmente, os guardas municipais estão passando por capacitação e treinamento. Parte do efetivo da GCM já atua com armamento particular, mediante salvo conduto autorizado pela Justiça. No último final de semana, a Secretaria Municipal de Segurança não registrou nenhuma ocorrência de roubo, furto ou morte nos bloquinhos.
Os blocos carnavalescos terão trajetos pré-definidos em comum, acordados entre os organizadores de cada grupo com a Secretaria Municipal de Cultura. O trabalho de segurança no trajeto e nos locais de estacionamento será feito pela GCM e pela PM. A prefeitura relembrou, por sua vez, que o horário máximo para finalização das atividades é o de 22 horas.
*Texto supervisionado pelo editor.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos