Editorial
Publicada em 06/02/2020 - 21h54min

Retorno

Os primeiros dias de fevereiro marcam a retomada oficial de uma série de atividades no país. Na área da Educação, o ano letivo começa para as escolas municipais, estaduais, particulares e para a maioria das instituições de ensino superior. Para se ter uma ideia de como a rotina nas cidades muda a partir da volta às aulas, basta imaginar que apenas nos cinco principais municípios do Alto Tietê 143 mil estudantes na rede estadual e 153 mil na municipal passam a circular pelas ruas, boa parte acompanhada de pais e responsáveis. Esse intenso movimento reflete diretamente no trânsito de veículos e nos transportes coletivos, além de respingar positivamente no setor comercial.
Na política, aquecida pelo calendário eleitoral que agenda para o segundo semestre deste ano a escolha de prefeitos e vereadores, a primeira semana do mês indica o retorno das atividades legislativas. As sessões nas câmaras municipais estão de volta e com elas o burburinho natural do desempenho dos vereadores. Temas para alimentar o trabalho dos parlamentares não faltam neste início do ano: chuvas, alagamentos, epidemias, segurança, obras inacabadas e por aí vai. Na terça-feira, em Mogi das Cruzes, o prefeito Marcus Melo (PSDB), virtual candidato à reeleição, abriu a sessão na câmara propondo um pacto de atuação com os vereadores em benefício da cidade.
Para a região há ainda a boa notícia de mais um deputado em ação na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). A mogiana Alessandra Monteiro (Rede), de 34 anos, vai substituir até abril Marina Helou, que está de licença-maternidade. O período não é longo, mas o suficiente para que a deputada dê uma resposta a seus 24.695 eleitores. Ela pretende atuar em favor da infância, pela educação e certamente vai aquecer a luta feminina na região.
Costuma-se dizer que o ano só começa em fevereiro. Ao menos nos setores de educação e política, isso parece ser verdade. Resta apenas conferir se tudo que está sendo anunciado, como um novo calendário escolar e as promessas rotineiras dos candidatos, não vai se transformar em balão de ensaio e cair no vazio.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos