Brasil e mundo
Publicada em 25/03/2020 - 00h59min

Cem leitos

Empresas farão centro de tratamento em SP

Em meio ao avanço da pandemia do coronavírus pelo país, a Prefeitura de São Paulo, a Ambev, a Gerdau e o Hospital Israelita Albert Einstein anunciaram ontem que uniram esforços para construir um novo centro de tratamento para a doença na capital paulista. O hospital terá cem leitos comuns que atenderão o público exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
Ele será construído de forma anexa ao Hospital Municipal M'Boi Mirim - Dr. Moysés Deutsch, na zona sul de São Paulo. O Einstein já é responsável pela gestão dessa unidade. As obras começaram ontem e a nova área terá os primeiros 40 leitos entregues em 20 dias. O total de leitos deve ser finalizado até 30 de abril.
A nova unidade não se trata de um hospital de campanha, como o que será construído no Estádio do Pacaembu, para atender pacientes de baixa e média complexidade. Após o combate à pandemia, o centro será entregue à prefeitura e passará a integrar a rede pública do município. (E.C.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos