Cidades
Publicada em 25/03/2020 - 00h10min

Quarentena

Cidade vive clima de domingo

No primeiro dia de quarentena no Estado de São Paulo, a Prefeitura de Mogi das Cruzes notificou cerca de 15 comércios que estavam funcionando irregularmente, desrespeitando a determinação de manter fechados os serviços não essenciais para a população

Foto: Mariana Acioli

Ontem, na rua Paulo Frontin, assim como em várias outras, movimento era pequeno
No primeiro dia de quarentena no Estado de São Paulo, a Prefeitura de Mogi das Cruzes notificou cerca de 15 comércios que estavam funcionando irregularmente, desrespeitando a determinação de manter fechados os serviços não essenciais para a população.
Segundo o secretário de Segurança, Paulo Madureira Sales, o primeiro dia de quarentena já é um passo importante na luta contra a Covid-19.
Ontem, o clima na cidade já era típico de um domingo, com lojas fechadas e, consequentemente, poucas pessoas nas ruas centrais. O coronel Sales afirma que o cenário descrito e analisado pela reportagem ontem é sinônimo de um bom trabalho e cooperação por parte da população, que está entendendo cada vez mais a importância e urgência de se resguardar, a fim de evitar a disseminação do vírus. "Uma grata surpresa, pois não imaginávamos que a grande maioria das pessoas iria respeitar a determinação dessa forma", comentou.
Ao todo, 12 fiscais das equipes do Departamento de Fiscalização de Posturas da prefeitura, estão divididos em plantões de 24 horas, e todo o efetivo da Guarda Municipal está atuando para garantir o cumprimento das determinações. Além do trabalho da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.
De acordo com a determinação do Governo do Estado, anunciada semana passada, somente os serviços essenciais, como hospitais, farmácias, clínicas odontológicas, transporte público, supermercados, mercados, padarias e petshops podem permanecer abertos.
O trabalho de fiscalização já vinha sendo realizado nos últimos dias, com base no decreto de calamidade pública em Mogi das Cruzes, quando foram feitas 281 notificações de fechamento de comércio, sendo 237 por parte da Guarda Civil Municipal (GCM) e o restante (44) pela Polícia Militar.
*Texto supervisionado pelo editor.
Compartilhe

Video

Mais vistos