Cidades
Publicada em

Nicolas Takada*
Pandemia

Leitos do hospital de campanha de Suzano estão 40% ocupados

Em Poá, onde há vagas de UTI destinadas a pacientes mais graves, quatro pessoas morreram por coronavírus

A ocupação do hospital de campanha de Suzano, localizado na Arena Suzano, no Parque Max Feffer, está atualmente com 40% da sua capacidade, aproximadamente. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, são atualmente 34 pacientes internados na ala de enfermaria com coronavírus (Covid-19).
O Hospital de Quarentena, como é chamado, conta com capacidade para 80 leitos, sendo 70 de enfermaria e dez de suporte avançado. De acordo com a Prefeitura, 11 pacientes já tiveram alta desde a abertura do hospital no começo do mês. Nenhum óbito registrado até o momento.
Já no hospital de campanha de Poá, o único com leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), quatro óbitos foram registrados e quase cem pacientes tiveram alta. A unidade está localizada no Centro Municipal de Especialidades (Ceme), ao lado do Hospital Municipal Doutor Guido Guida, e já realizou quase mil atendimentos, sendo 300 somente em drive-thru. Atualmente estão internados dez pacientes na UTI e 72 na enfermaria.
Inauguração
Outro hospital de campanha que deve vir para somar na batalha contra o coronavírus é o de Ferraz de Vasconcelos, que será inaugurado hoje, às 10 horas. A data inicial da abertura do espaço estava marcado para a terça-feira, porém o local teve um problema com uma válvula que leva oxigênio às UTIs, mas de acordo com a Prefeitura, tudo já está resolvido. O local contará com 30 leitos, sendo 20 enfermarias e dez de UTI.
Em Mogi das Cruzes, o hospital de campanha, que funcionará na Avenida Cívica, no Mogilar, já está pronto há alguma semanas. Os pacientes não estão sendo transferidos para a unidade, montada ao lado do Ginásio Municipal Hugo Ramos, graças aos atendimentos em outros hospitais do município, mas segundo o secretário municipal de Saúde, Henrique Naufel, a capacidade do Hospital Municipal de Mogi (HMMC), e Braz Cubas, já está se aproximando dos 60% de sua capacidade, o que preocupa a Prefeitura.
No município de Itaquaquecetuba, as obras de adequação continuam em andamento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Caiuby e no Centro Pediátrico Infantil, que funcionarão como hospital de campanha, que somadas oferecerão 50 leitos, sendo cinco de casos emergenciais.
Sem novidades
A Prefeitura de Arujá que havia anunciado um interesse em implantar uma unidade de campanha, explicou que por enquanto não há novidade sobre esse projeto, mas que já está se movimentando, entregando dez novos leitos de UTI na Unidade de Pronto Atendimento Médico (PAM) do bairro Parque Rodrigo Barreto.
*Texto supervisionado pelo editor.
Compartilhe

Video

Mais vistos