Cidades
Publicada em 22/07/2020 - 22h21min

meio ambiente

Secretaria realiza polinização artificial de orquídeas nativas

Ação, que faz parte do Programa Município VerdeAzul, será no Núcleo de Educação Ambiental Ilha Marabá

Foto: Divulgação/SVMA

Trabalho de reintrodução das microorquídeas é realizado pela secretaria desde 2017
Uma equipe técnica da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente de Mogi das Cruzes promove hoje novas ações de reintrodução e de polinização artificial das microorquídeas, que têm sido reintroduzidas desde 2017 no Núcleo de Educação Ambiental Ilha Marabá. A ação é uma continuidade da Diretiva Biodiversidade do Programa Município VerdeAzul, realizado pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Sima). Mogi já foi certificada duas vezes com o Selo Município VerdeAzul - a mais recente conquista ocorreu em março.
A bióloga Márcia Nakano, da Secretaria do Verde, explica que foi observada a formação de cápsulas contendo sementes, o que indica que a polinização artificial realizada nos anos anteriores tem contribuído para a reprodução das orquídeas. Ela comenta ainda que essa é uma espécie amplamente reconhecida na natureza por sua beleza, e por esse mesmo motivo acaba sendo objeto de furtos, como ocorreu em 2019, no Parque Leon Feffer.
"Depois de recuperadas, essas orquídeas foram tratadas e reintroduzidas na natureza em agosto do ano passado. Agora vamos observar o processo de enraizamento e o estado geral dessas duas espécies de orquídeas (os nomes científicos são Oncidium flexuosum e Polystachya estrellensis)", explicou a bióloga.
Agendamento
Tanto o Núcleo de Educação Ambiental Ilha Marabá quanto o Parque Municipal Chiquinho Veríssimo continuam fechados ao público, mas, como parte das ações de flexibilização gradual das atividades e dos equipamentos públicos, a secretaria reabriu as inscrições de pessoas e grupos interessados em participar de visitas monitoradas e atividades de educação ambiental. O telefone para informações é o 4798-5959, que também pode ser usado como WhatsApp.
O agendamento prévio e o controle de acesso fazem parte das ações de prevenção ao coronavírus. As visitas poderão ser feitas apenas de segunda a sexta-feira, neste primeiro momento, e terão número limitado de pessoas - até 15 na Ilha Marabá e até 30 no Parque Municipal. As visitas ocorrerão nas áreas externas das unidades, sem atividades nos auditórios ou em espaços fechados.
"Num primeiro momento vamos verificar o número de agendamentos e o interesse do público, caso tenhamos uma demanda muito grande vamos estudar de que forma podemos atender, sem causar aglomerações e mantendo sempre as ações preventivas de segurança", explicou o secretário municipal Daniel Teixeira de Lima.
O diretor de Políticas Públicas e Educação Ambiental, André Miragaia, detalhou os preparativos da secretaria para essa reabertura. "Estamos fazendo a manutenção dos espaços da Ilha Marabá e do Parque Municipal e também o treinamento do grupo de estagiários do curso de Biologia da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), que estão se preparando para atender o público com os novos procedimentos de segurança e distanciamento. Todas as atividades de educação ambiental ocorrerão apenas nas áreas externas dos parques e da Ilha Marabá", explicou.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Mais vistos