Opinião
Publicada em 01/08/2020 - 19h11min

Mauro Jordão

Grata memória II

Todos os dias aquele carro estacionava diante da clínica de repouso onde se achava internada a esposa do advogado o qual lhe fazia a visita diária, pela manhã, antes de seguir para o escritório. Sua dedicação era notável: acessava o apartamento onde, com dedicação, acariciava suas mãos e seus cabelos e segredava em seus ouvidos frases cheias de afeto.
Um dia a enfermeira que presenciava, quase sempre, essa atitude lhe confessou: "Eu procuro entender e admiro a sua presença todos os dias demonstrando tanto amor por alguém com Alzheimer, que não possui mais memória para reconhecer quem o senhor é". Dos seus lábios ela ouviu a resposta: "Ela não sabe quem eu sou, porém, eu sei quem ela é. Ela é o meu amor".
O passado de grata memória era a ponte que mantinha no presente, em sua mente, a inextinguível chama de amor à ela dedicada. Como aquele homem, Deus nunca deixa de nos amar e de estar, diariamente, bem perto de nós. No entanto, em nossas loucas ambições desmedidas temos, de modo intencional, longas lacunas de esquecimento de comunhão com Ele por medo que Ele possa interferir no que estamos fazendo ou pensando fazer, independentes da Sua aprovação.
Muitos cristãos nominais chegam a ter Mal de Alzheimer espiritual, não mais nenhuma memória em relação a Deus, chegando até marcar presença no templo como ato social. O título do Livro de Lamentações vem do grego e significa "chorar em voz alta", supõe-se ser poema de lamentação do profeta Jeremias pela destruição de Jerusalém e do Templo pelos caldeus. O trecho 3: 21-24: "Quero trazer à memória o que me pode dar esperança. As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não tem fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade. A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto, esperarei Nele".
Você caminha quase sem esperança? Faça como Jeremias, traga em seu coração e em sua mente a grata memória das misericórdias do Senhor que é a nossa porção diária de amor.
Compartilhe

Mais vistos