Cidades
Publicada em 27/10/2020 - 01h13min

Felipe Antonelli

ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2020: PROPOSTAS GERAIS

Além de temas centrais, candidatos a prefeito de Mogi têm planos para modelo de gestão e ampliação de serviço

Após abordar os principais temas dos Planos de Governo dos candidatos a prefeito que concorrem nestas Eleições Municipais 2020, o Grupo Mogi News encerra hoje a série sobre o detalhamento das propostas dos sete postulantes. Como último tópico, divulgado hoje, os prefeituráveis apresentam projetos gerais para a melhoria de Mogi das Cruzes em diversos segmentos. Nas últimas semanas, Saúde, Educação, Segurança e Geração de Renda foram destaques dos Planos de Governo dos concorrentes ao Executivo, assim como outros cinco temas também de grande impacto (Cultura, Esporte e Lazer; Habitação; Meio Ambiente; Agricultura; e Transporte Público). Agora, eles abordam as necessidades relacionadas à diversidade cultural, religiosa, racial e de gênero em Mogi das Cruzes, o modelo de gestão que consideram mais viável no século XXI e a conservação dos espaços públicos municipais. Os planos continuam disponíveis para o público e podem ser acessados na íntegra pelo portal divulgacandcontas.tse.jus.br.
  • Miguel Bombeiro
  • Felipe Lintz
  • Michael Della Torre
  • Fred Costa
  • Sem respaldo da prefeitura, Caio Cunha foi à Justiça
  • Para Valverde, faltou conversa entre envolvidos
  • Entrevista especial com o prefeito de Mogi das Cruzes Marcus Melo

Marcus Melo (PSDB)

-Valorização do servidor público.
-Renovação urbana e a revitalização do centro.
-Melhorar as condições de trabalho e fortalecer a atualização permanente dos servidores públicos.
-Proporcionar infraestrutura básica nos bairros periféricos para elevação da qualidade de vida.
-Integrar as ações de gestão e planejamento estratégico entre os setores público e privado do município.
-Implantar novas praças e outros espaços públicos.
-Democratizar o acesso à internet, ampliando o fornecimento de Wi-Fi gratuito em praças e outras localidades.
-Pressionar as agências reguladoras e as prestadoras de serviços para que promovam a cobertura de demandas por redes de comunicação, transmissão de dados e energia.
-Ampliar ainda mais a rede dos serviços de Governo Eletrônico pela internet.
-Dar continuidade às melhorias nos equipamentos públicos.
-Ampliar as ferramentas de transparência e controle social da administração pública.
-Utilizar, no processo de planejamento estratégico, instrumentos e canais de participação democráticos.
-Ampliar o Programa Municipal de Desburocratização.

Rodrigo Valverde (PT)

-Criar a Secretaria Municipal de Habitação.
-Criar Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para animais domésticos.
-Criar programa voltado a dependentes químicos que estão em situação de rua, garantindo acesso a tratamento voluntário, trabalho e moradia.
-Criar a Secretaria de Política para as Mulheres.
-Criar o Crematório Municipal.
-Realizar a administração do serviço funerário e dos cemitérios.
-Criação de um Sistema Municipal de Defesa do Consumidor integrado aos diversos órgãos públicos.
-Criar a Coordenadoria de Políticas LGBT.
-Criar a Coordenadoria de Políticas para a Juventude.
-Criar a Coordenadoria de Igualdade Racial.
-Criar a Coordenadoria da Causa Animal.
-Criar a Secretaria da Pessoa com Deficiência.
-Substituição da iluminação pública por LED, através de PPP.
-Implantar rede de Wi-Fi nas praças.
-Reorganizar as coletas de lixo, com criação de mecanismos para concorrência de prestadoras de serviço.
-Garantir a operação do Sistema Único de Assistência Social na cidade, vinculando a gestão municipal da política de assistência social ao sistema federativo.

Caio Cunha (Pode)

-Garantir um ambiente e modelo colaborativo que valorize o servidor público.
-Construir, junto com os servidores, uma reorganização administrativa da Prefeitura, valorizando e reforçando os serviços de ponta da administração pública.
-Implementação de aplicativo de zeladoria e outros serviços, colocando o cidadão como o agente fiscalizador da manutenção da cidade.
-Iniciar um processo de escuta e acolhimento dos servidores, especialmente da Saúde, Educação e Assistência, para garantir a sanidade mental e física das pessoas pós-pandemia da Covid-19.
-Estruturar um processo de engajamento e participação efetivos para o Orçamento Participativo, por bairro, para a definição de prioridades locais pelas pessoas.
-Treinamento dos professores da rede municipal para debates acerca das diferenças.
-Unificação dos serviços públicos numa plataforma digital de serviços.
-Buscar investimentos externos para expandir a infraestrutura digital da cidade, criando pontos de conexão aberta em espaços públicos, começando pelos bairros mais carentes e pelos pontos de conexão, como terminais de ônibus.

Fred Costa (PDT)

-Implantar a Gestão de Todos, com participação popular nas áreas da administração municipal.
-Ampliar e reestruturar as políticas de acesso à informação e transparência.
-Fazer auditoria das contas e de todos os contratos da Prefeitura.
-Criar o Código de Ética da Gestão Municipal.
-Acabar com os cargos comissionados e indicações, abrindo concurso público para os cargos indispensáveis ao funcionamento da administração pública.
-Reestruturar os planos de carreira dos servidores.
-Criar o Projeto Cidade Conectada, ampliando e criando novas estruturas de comunicação.
-Criar mecanismos de desburocratização.
-Implantar novas tecnologias na gestão com processos 100% digitais.
-Criar um portal e aplicativo que integrem todos os serviços públicos municipais.
-Criar o Projeto Cidade 100% Acessível, colocando fim às barreiras arquitetônicas na cidade gradativamente.
-Reestruturar e ampliar o número de albergues.
-Criar as Creches dos Vovôs em todos os distritos para acolher idosos com autonomia.
-Descentralização do Procon.
-Apoiar a implantação do Conselho Municipal dos Direitos LGBT.

Miguel Bombeiro (Pros)

-Criação do Programa Empresário Cidadão Mogiano, visando a participação do capital privado. O empresário cadastrado terá incentivos fiscais de acordo com a legislação e benefícios em contratos de prestação de serviços.
-Valorização do empresário local criando parcerias públicos privados republicanas, com objetivo de retomar a economia e coibir desvios em contratos públicos.
-Reestruturar com melhorias programas de Geração de Trabalho e Renda (Balcão do Trabalho), estimulando diversos potenciais econômicos e produtivos existentes no município (produção de artesanato, confecção, agricultura etc).
-Adequação das ações de atendimento ao munícipe com canal de ouvidoria disponibilizado em aplicativo para melhoria e rapidez do feedback para a população e correção dos desvios nos serviços diretos e indiretos.
-Combate à exploração sexual infantil e juvenil.
-Adequação dos atuais e instituição de novos programas e Projetos da Assistência Social para recuperar a economia familiar pós-pandemia.
-Criar a Coordenação Municipal do Terceiro Setor.

Michael Della Torre (PTC)

-Implantar três novas Sub-Prefeituras com poderes amplos de decisões.
-Alteração na forma de direcionar os recursos públicos, consultando a população nos mais diversos bairros.
-Aprimorar as estratégias de capacitação de recursos e monitoramento dos recursos operacionais relativos aos convênios e prestação de contas.
-Implementar o Observatório de Políticas Públicas para a produção de informações e orientações das ações do conjunto do governo.
-Implementar o Governo Digital, disponibilizando processos e ferramentas de serviços de forma online.
-Promover a capacitação profissional de catadores e sua inserção no mercado de trabalho, constituindo cooperativas e centros de triagem.
-Apoiar a implementação de logística reserva.
-Promover programa de educação ambiental permanente, com abordagens específicas para cada público-alvo.
-Implantar programa de recuperação de resíduo de construção civil, com implantação de usinas de triagem e beneficiamento.

Felipe Lintz (PRTB)

-Trocar, em toda cidade, as lâmpadas amarelas e frias por lâmpadas de Led. Ruas de bairros afastados do centro da cidade terão sua iluminação ampliada.
-Transformaremos os bairros mais afastados em ruas verdejantes. Cada casa terá à sua frente uma muda de árvore cedida pela Prefeitura e dreno natural das chuvas.
-Ao invés de fomentar a indústria da multa, serão promovidas campanhas maciças de educação no trânsito através dos meios de comunicação para o aperfeiçoamento da urbanidade entre os cidadãos.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Mais vistos