Cidades
Publicada em 16/11/2020 - 04h40min

Felipe Antonelli
Legislativo

Renovação na Câmara de Mogi chega a 60% dos vereadores

Apenas nove parlamentares se reelegeram para o próximo mandato, que terá três mulheres no Legislativo

As Eleições Municipais 2020 resultaram em uma significativa renovação de 60,8% na próxima legislatura na Câmara Municipal. Dos 23 atuais vereadores, apenas nove conseguiram permanecer no cargo. São eles: Clodoaldo de Moraes (PL); Mauro de Assis Margarido (PSDB), o Maurinho Despachante; Edson Santos (PSD); Pedro Komura (PSDB); Francimário Vieira (PL), o Farofa; Fernanda Moreno (MDB); Iduigues Martins (PT); Otto Rezende (PSD); e Marcos Furlan (DEM).
O mais votado entre os candidatos a vereador foi o comerciante e agricultor Marcelo Porfirio da Silva (PSDB), 38 anos, natural de Pão de Açúcar (AL). A parlamentar eleita que menos recebeu votos foi Inês Paz (Psol), coordenadora licenciada do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp).
Inês faz parte de um importante capítulo deste pleito: a eleição de três mulheres para o Legislativo. A única vereadora da atual Legislatura foi reeleita, a parlamentar Fernanda Moreno (MDB). Além de Inês e Fernanda, Maria Luiza Fernandes (Solidariedade) completa a lista. Aos 21 anos Malu é a mais jovem vereadora eleita neste pleito.
Dois partidos terão mais cadeiras a partir de 2021, o PSDB e o PL, este último ocupa o posto atualmente na Casa, com cinco vereadores. O PSD mantém a mesma quantidade de cadeiras que ocupa neste ano, com três representantes. O Podemos, que antes era representado apenas por Caio Cunha (Pode), que se lançou a prefeito e disputará o segundo turno, agora também possui três vereadores. O MDB terá duas cadeiras, uma a menos. Republicanos, PT, Solidariedade, PSB, DEM, PV e Psol terão apenas um vereador.
Nenhum dos quatro vereadores denunciados pelo Ministério Público (MP) por suposta corrupção e que concorriam neste pleito foi reeleito. São eles: Antônio Lino (PSD), Mauro Araújo (MDB), Diego Martins (MDB), e Francisco Bezerra (PSB). Eles ficaram como suplentes.
Compartilhe

Mais vistos