Mogi Pede Água

Fórum discute soluções para a crise

Luana Nogueira
25/09/2015 às 06:10
Atualizada em 25/09/2015 às 06:10.
Erick Paiatto

professor mario sergio - FOTO: Erick Paiatto

A Rede Nossa Mogi promove hoje o "Fórum Mogi Pede Água", que vai discutir soluções para a crise hídrica. O evento será realizado na sede da 17ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no Centro Cívico, a partir das 19h30. A iniciativa contará com debates e palestras com diversos convidados, entres eles a idealizadora da Aliança pela Água, Marussia Whately, o engenheiro José Roberto Kachel, além do prefeito de Salesópolis, Benedito Rafael da Silva (PR), que preside o Comitê da Bacia Hidrógrafica do Alto Tietê, e o ambientalista José Arraes.
De acordo com o coordenador da Rede Nossa Mogi, o professor Mário Sérgio de Moraes, cerca de 12 organizações ligadas à sociedade civil apoiam a iniciativa. Entre elas está a a Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Mogi das Cruzes (Aeamc), OAB, diretoria regional do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), Associação dos Docentes da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), Aliança pela Água, Instituto Cultural e Ambiental do Alto Tietê (Icati), além da Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), Colégio de Arquitetos e Biobras.
"É a primeira vez que várias organizações da sociedade civil se reúnem para discutir alternativas para a crise. A retirada de água é muito maior que a captação, isso é matemático. Se nada for feito, em novembro, ficaremos sem água e será o caos. Caso o governo estadual tivesse tomado medidas em janeiro de 2014, meses antes das eleições, estaríamos com 50% a mais de água. Esse problema da água vai unir uma série de pessoas e lideranças", acrescentou Moraes.
Segundo o coordenador, uma das alternativas para que reduzir a crise hídrica é a mudança de hábitos. "A falta de água não afeta apenas a sobrevivência, mas a questão do saneamento básico e o planejamento urbano. Estamos falando de paz e solidariedade em busca de tranquilidade da nossa cidade. Temos que unir o poder público e privado. A escassez de água incentiva a violência social. No mínimo, é necessário uma construção pedagógica para mudar os hábitos, como reutilizar a água e construir reservatórios em prédios para captar água da chuva", avaliou.
Durante o fórum será lançando um aplicativo que as pessoas podem utilizar para apontar em quais bairros existe falta de água.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News