Música

Grupo mineiro Cataventoré leva sua musicalidade ao Galpão Arthur Netto

Banda traz pífanos, zabumba e diversos outros instrumentos para o seu show de hoje no espaço mogiano

07/10/2015 às 23:44
Atualizada em 07/10/2015 às 23:44.
Naty Torres

No ritmo do baião, do arrasta-pé, do samba, do moçambique, do maracatu, a dança e a música, o Cataventoré cria uma atmosfera de celebração - FOTO: Naty Torres

A brincadeira de rua, a fabricação dos próprios instrumentos musicais e a dança são alguns dos elementos que permeiam o trabalho da banda mineira Cataventoré, que hoje se apresenta no Galpão Arthur Netto, a partir das 20 horas. O ingresso é gratuito e deve ser retirado com uma hora de antecedência no próprio Galpão, que fica na avenida Fausta Duarte de Araújo, 23, no Jardim Santista, Mogi das Cruzes.
Criado no ano 2000, em Belo Horizonte (MG), o Cataventoré traz uma proposta autoral marcada pela cultura popular de Minas Gerais e da região Nordeste. O show, segundo o grupo, é uma experiência de sonoridade, onde o palco não é limite para a banda, que transita pelo público, transformando o espaço com pífanos, zabumba e diversos outros instrumentos. No ritmo do baião, do arrasta-pé, do samba, do moçambique, do maracatu, a dança e a música, eles criam uma atmosfera de celebração. Além das músicas autorais, o show traz uma seleção da música popular brasileira e do cancioneiro nordestino de pife na linguagem instrumental.
Atualmente, o Cataventoré é integrado por Daniel Magalhães (pífano), Francisco Bastos (pífano e cavaquinho), Mateus Oliveira (percussão), Júlio Ponzo (percussão) e Felipe Bastos (percussão). Mais informações sobre a banda nos sites www.cataventore.blogspot.com e www.myspace.com/cataventore. Eles buscam a ponte entre o erudito e o popular, o rural e o urbano, alicerçado na pesquisa e numa visão integrada do fazer musical, abrangendo a confecção de instrumentos, a performance e a criação musical como elementos indissociáveis.
Carreira
Entre as principais realizações do grupo, destacam-se o seu primeiro trabalho de estúdio, em 2004, quando foi um dos oito artistas vencedores, entre 550 concorrentes, no festival Conexão Telemig Celular de Música: Novos Rumos da Música Mineira. Como premiação, o grupo gravou duas faixas no CD coletivo resultante do festival, acompanhado de Décio Ramos e Paulo Santos, do Uakti. Em 2009, lançou o CD "Cataventoré", cuja turnê de lançamento percorreu vários Estados, como São Paulo e Rio Janeiro.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News