Mobilidade urbana

Montanha de lixo é encontrada durante obra viária no Mogilar

Resíduos foram descobertos pela MRV ao escavar uma área para a implantação de rotatória entre duas avenidas

Luana Nogueira
12/05/2016 às 23:14
Atualizada em 12/05/2016 às 23:14.
Daniel Carvalho

Material retirado da área será encaminhado pela construtora para um aterro sanitário - FOTO: Daniel Carvalho

Uma montanha de lixo foi descoberta durante a construção da via que ligará as avenidas Antonio de Almeida e Yoshiteru Onishi, no Mogilar. Os resíduos foram identificados pela MRV, construtora responsável pela obra, ao escavar uma área para a implantação de uma rotatória.
De acordo com a Prefeitura de Mogi das Cruzes, o material retirado será encaminhado pela construtora para um aterro sanitário. O terreno é uma propriedade particular. Nova ligação deve ser entregue em julho e promete desafogar o trânsito daquela região.
Segundo a administração municipal, não havia evidências de que os resíduos estavam depositados na área da avenida Antonio de Almeida, que fica próxima ao rio Tietê. A prefeitura informou que se trata possivelmente de uma situação antiga.
O prefeito Marco Bertaiolli (PSD) vistoriou a nova avenida na manhã de ontem e destacou que o projeto faz parte de uma contrapartida entre a Prefeitura e a MRV, que está implantando 1,5 mil apartamentos na área.
"Não é justo que o setor imobiliário construa um empreendimento e largue a rede de água, esgoto e asfalto para que a prefeitura faça. Esse modelo (de contrapartida) tem funcionado e agora transformamos isso em projeto de lei que vamos encaminhar nesta semana para a Câmara", destacou.
O projeto de lei de Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) integra um pacote de medidas que regram o ordenamento de Mogi. "Ele é um instrumento urbanístico que falta no município. Com isso, a compensação deixará de ser pontual e se tornará uma regra. Os empreendimentos terão que fazer um investimento na infraestrutura da cidade", acrescentou.
A nova avenida contará com duas faixas, ciclovia, calçadas amplas, canteiro central e iluminação. Ela terá 800 metros de extensão e contou com o investimento de R$ 10 milhões.
"Além do investimento na construção da avenida, a MRV doou o terreno onde a via foi implantada, são 60 mil metros quadrados. Vamos recapear a avenida Antonio de Almeida, todo o trânsito da rotatória do Habib's (praça Kazuo Kimura) será desviado para cá. Exigimos que todo o trânsito de veículos do condomínio saia pela nova avenida", esclareceu.
Para garantir a construção da avenida, Bertaiolli condicionou a entrega do "Habite-se" dos apartamentos, documento necessário para que a unidade seja liberada, à conclusão da avenida.
Mais uma
O prefeito planeja criar outra avenida, que ligará a rotatória construída pela Cury (avenida Francisco Rodrigues Filho) e a rotatória da nova avenida (Antonio de Almeida). "O projeto já está pronto, agora falta o recurso que pretendo conseguir junto com a próxima empresa que investir na área. A avenida terá 700 metros de extensão", ressaltou.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News