Novos rumos

Prefeitos falam sobre a saída de Dilma Rousseff do poder

Expectativa dos chefes do executivo na região é que a economia volte a crescer e o desemprego seja combatido

Stefany Leandro
12/05/2016 às 23:10
Atualizada em 12/05/2016 às 23:10.
Daniel Carvalho

Tokuzumi: "Condução de Dilma para o País se tornou inviável" - FOTO: Daniel Carvalho

Retomada da credibilidade e do desenvolvimento, renascimento da esperança e presidencialismo de coalizão. Estes são alguns termos utilizados por prefeitos do Alto Tietê, para falar sobre as expectativas acerca do governo de Michel Temer (PMDB) como presidente da República. Para eles, o afastamento de Dilma Rousseff (PT) do poder representa um momento histórico para a política e a democracia.
Para o prefeito de Suzano, Paulo Tokuzumi (PSDB), a expectativa é de que a alteração no cenário político consiga reverter a atual situação negativa. "A posição do governo Dilma para a condução do País se tornou inviável. Então, o impeachment pode dar um novo horizonte em termos de desenvolvimento. Vivemos agora a esperança para que o Brasil viva dias melhores", disse.
Já o chefe do executivo poaense, Marcos Borges (PPS), vê a posse de Temer como a possibilidade de ampliação dos postos de trabalho. "O afastamento da presidente Dilma devolve a credibilidade ao País e faz renascer a esperança do Brasil voltar a crescer. Acredito que o novo grupo venha revestido de mais responsabilidade e critério e, realmente, trabalhe para a geração de empregos".
O prefeito de Mogi das Cruzes, Marco Bertaiolli (PSD), por sua vez, ressalta que este será um governo de "coalizão", cujo trabalho desenvolvido resultará ou não na superação da atual crise econômica. "Ele terá um prazo muito curto para estabilizar a administração pública, que está abandonada e paralisada há mais de um ano. Precisa-se enxugar a máquina administrativa rapidamente. Sem contar as questões da economia. O problema do Brasil não é econômico, mas sim de descredibilidade da classe politica brasileira. Então eu tenho convicção que o País reagirá muito rápido a essa crise, quando a demonstração de seriedade for dada", comentou. 
Já o prefeito em exercício de Ferraz de Vasconcelos, José Izidro Neto (PMDB), destacou que a alteração na presidência refletirá diretamente no Alto Tietê. "A região será beneficiada, porque deve facilitar o diálogo com as prefeituras. Ferraz tem algumas pendências com o governo federal, como o desbloqueio do Fundo de Participação dos Municípios, por exemplo", concluiu.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News