Fator Hugo Ramos

Tyrone conta com a torcida para derrotar o Flamengo

Destaque contra o Flamengo, pivô norte-americano comparou adversário com o Golden State Warriors, da NBA

13/05/2016 às 06:10
Atualizada em 13/05/2016 às 06:10.
Antonio Penedo/Mogi/Helbor

Tyrone acredita em mais um jogo difícil, mas torcida pode fazer a diferença - FOTO: Antonio Penedo/Mogi/Helbor

Além de encarar o Mogi das Cruzes/Helbor precisando da vitória para seguir com chances de chegar à final do Novo Basquete Brasil 8 (NBB), o Flamengo terá que enfrentar o Ginásio Hugo Ramos lotado, amanhã, às 14h10. E o ginásio no Mogilar tem sido um trunfo da equipe na competição: foram 17 vitórias em 19 jogos. Apenas o Paulistano e o próprio Flamengo venceram os mogianos jogando em casa. As derrotas foram na fase regular do NBB. Nos playoffs, o Mogi/Helbor ainda não perdeu ao lado do torcedor. Já são cinco vitórias consecutivas.
Pelas palavras do pivô Tyrone Curnell, a relação Mogi/Helbor e ginásio Hugo Ramos é mais ou menos como a história bíblica de Sansão, que sem os seus longos cabelos, perdia a força.
"É a melhor arma que a gente tem. Sem a torcida, somos bem fracos. Sei que foram vendidos cinco mil ingressos (capacidade máxima) e teremos nosso torcedor nos empurrando o tempo todo. Será uma grande oportunidade para a nossa carreira e para a cidade de Mogi. Não posso negar que estamos um pouco ansiosos, mas animados e preparados para ganhar esse jogo e garantir a vaga na final", ressalta Tyrone.
O jogador é um dos destaques da equipe nesta série semifinal contra o Flamengo. No jogo 1, o americano marcou 24 pontos na vitória por 86 a 81. Na partida seguinte, vencida pelos cariocas, anotou mais 13. No último encontro, ele fez outros 22 pontos.
"Eu acho que estou bem focado, mais preparado e, nesses jogos, os meus parceiros estão acreditando mais em mim. Eu sei que sou um cara importante no time e preciso ajudar mais. E é isso que estou tentando fazer. O Flamengo é muito bom, ganhou três anos seguidos o NBB e é um time que todo mundo quer ganhar. Igual ao Golden State Warriors (equipe da NBA), todo mundo quer ganhar. Acho que com o Flamengo é igual", revela Tyrone.
O ala-pivô comemora o fato de poder fechar a série contra um adversário tão forte como o Flamengo em casa, mas adverte que será preciso se doar mais em quadra para chegar à final. "A gente fica feliz pela oportunidade de poder fechar aqui em casa, mas sabemos que o Flamengo virá com tudo. Todo cuidado é pouco"
A partida entre Mogi/Helbor e Flamengo será transmitida ao vivo pela RedeTV! e pelo SporTV, a partir das 14 horas. Se os mogianos vencerem, fecham a série em 3 a 1 e enfrentam o Bauru na final. Em caso de derrota, haverá o jogo 5 no Rio de Janeiro, ainda sem data definida.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News