tentativa de homicídio

Grávida é vítima de agressão e facadas

Mulher de 32 anos teria informado ao ex-companheiro, 22, que espera um filho dele; ao ouvir a notícia, ele a teria agredido e acabou preso

Fabio Miranda
12/05/2016 às 23:13
Atualizada em 12/05/2016 às 23:13.
Divulgação

Policiais da DDM de Mogi constataram que a vítima tinha 14 ligações do suspeito no celular - FOTO: Divulgação

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Mogi das Cruzes está investigando o caso de uma grávida de 32 anos, encontrada inconsciente na estrada do Beija Flor, no bairro do Botujuru. De acordo com as informações apuradas junto à DDM, a mulher tinha ferimentos no corpo provocados por golpes de faca e outras lesões características de agressão. O ex-marido dela, Everton da Silva, de 22 anos, é o principal suspeito do crime. Ele está preso.
O fato foi ontem de manhã e a ocorrência foi atendida pela Polícia Militar. Os registros indicam que a vítima estava caída ao lado de um automóvel Vectra, perto de um condomínio, e tinha apenas dois dentes na boca. No final da tarde de ontem, a mulher foi identificada. Ela está em coma no Pronto-Socorro (PS) do Hospital Luzia de Pinho Melo. O estado dela é grave.
Em contato com a reportagem, a delegada Valene Bezerra informou que tudo teria ocorrido por cauda de uma assinatura de recibo de pensão. "Ontem (quarta-feira) ele teria falado para ela assinar o recebimento da pensão, mas, durante a conversa, ela teria falado que estava grávida".
Foi após o anúncio da gravidez que as agressões teriam começado, uma vez que, supostamente, o filho seria do suspeito. Silva, segundo a delegada, teria espancado a vítima, com tanta brutalidade, que teria provocado traumatismo craniano nela. "Por meio de um circuito de monitoramento do condomínio, vimos o suspeito passar. O celular da vítima tinha 14 ligações dele. Nós o prendemos em flagrante em casa. A mãe dela o reconheceu".
Ainda segundo Valene, o suspeito começou a namorar a vítima quando tinha apenas 16 anos",.afirmou.
Silva, que foi levado para a DDM, deve ser indiciado por tentativa de feminicídio.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News