Pluralidade

Programação em Mogi reverencia a cultura afro

Palestras, oficinas e apresentações culturais com foco na história e arte negra começaram ontem e prosseguem até este domingo na cidade

11/05/2016 às 06:10
Atualizada em 11/05/2016 às 06:10.
Ney Sarmento/PMMC

Centro Cultural mogiano receberá contação de história neste domingo - FOTO: Ney Sarmento/PMMC

Até este domingo, o público mogiano pode conferir as atrações da 1ª Semana da Cultura Afro, uma realização do Conselho Municipal da Promoção da Igualdade Racial (Compir), com apoio da Secretaria Municipal de Cultura, que teve início ontem. São atividades lúdicas, artesanais, musicais e também debates, sempre em alusão à história da população e da cultura negra em Mogi e em todo País, bem como das políticas públicas voltadas para este público.
Uma oficina de bonecas, que tem por objetivo não só ensinar uma técnica, como também resgatar uma história, é o primeiro evento. Como explica o presidente do Compir, Fernando Roza, na época da escravatura e da vinda dos escravos ao Brasil, era comum que as mulheres fizessem uso de pedaços de pano para confeccionar bonecas. Esta oficina será oferecida em escolas e no Centro Cultural de Mogi das Cruzes (praça Monsenhor Roque Pinto de Barros, 360, centro).
Também será realizada ao longo da semana uma série de debates, palestras e discussões sobre diversos elementos ligados à cultura negra. Nesta quarta-feira, por exemplo, será realizada no mesmo local uma palestra com Marco Antonio Zito Alvarenga, que é membro do Conselho Estadual da Consciência Negra.
A partir das 19 horas, o profissional apresentará seu vasto conhecimento sobre movimento e a cultura negra, pelos quais já milita há 30 anos. Quem também estará presente é a artista mogiana Maristela Afro, já conhecida do público por suas obras que seguem a temática afro.
Na quinta-feira, o público infantil poderá conferir, também no Centro Cultural, a exibição de um documentário com a temática negra. Já à noite será realizada uma missa afro no Santuário Bom Jesus (Igreja de São Benedito).
A programação se voltará para a música nesta sexta-feira. Roda de capoeira, de samba e até do hip hop permearão o dia. As apresentações acontecerão dentro e fora do Centro Cultural e também no Terminal Central, no centro da cidade. O dia se encerra com um espetáculo especial do quarteto de cordas da Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes, comandada pelo maestro Lélis Gerson.
A programação desta primeira edição da Semana da Cultura Afro termina neste domingo, com uma missa celebrada pelo padre Deoclécio na Paróquia Imaculado Coração de Maria, no distrito de Brás Cubas. 
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News