Sesc

Câmara pede estudo que pode alterar o trânsito no Socorro

Solicitação foi feita pelo vereador Cuco; segundo ele, algumas casas podem ser desapropriadas nas proximidades

Lilian Pereira
21/03/2018 às 06:10
Atualizada em 21/03/2018 às 06:10.
Diego Barbieri/CMMC

Cuco - FOTO: Diego Barbieri/CMMC

Durante a sessão de ontem na Câmara, o vereador José Antônio Cuco Pereira (PSDB) apontou a necessidade de mudanças no trânsito entre o bairro do Socorro e o distrito de Cezar de Souza, antes que a construção do Serviço Social do Comércio (Sesc) fique pronta. A unidade será instalada no Centro Esportivo do Socorro.
O documento apresentado pelo vereador mostra que é preciso fazer um estudo sobre o trânsito nas imediações dos bairros e, pede para a administração pública realizá-lo com antecedência, visto que a procura por atividades de lazer, cultura, esporte e dentre outras serão procuradas pela população. 
Cuco apontou que o trânsito nos arredores do bairro do Socorro e no distrito de Cezar de Souza é conturbado durante os horários de pico. "Há necessidade de ter um estudo para melhorar o trânsito naquela região. Talvez, será preciso até desapropriar residências para que seja construída uma avenida para evitar engarrafamentos. O que estamos fazendo é antecipar o processo antes que a unidade do Sesc esteja pronta", apontou.
Outro vereador que pede mudanças na mobilidade urbana da região onde será abrigado o Sesc, é o Otto Fábio Flores de Rezende (PSD). Em documento, ele alertou que é preciso verificar as condições de mobilidade urbana no local, já que a área do Sesc se encontra em local de grande circulação de veículos e pessoas. Rezende pediu que a unidade tenha um estacionamento para veículos de acordo com o número de frequentadores. De acordo com a emenda apresentada pelo vereador, é previsto que a unidade receba mais de 100 mil pessoas.
CEV do Sesc
A Comissão Especial de Vereadores (CEV) do Sesc foi criada em março do ano passado para acompanhar a instalação de uma unidade do Sesc em Mogi. Nesse mês, foi apresentado um relatório preliminar durante sessão na Casa de Leis. O prazo para o término do relatório era de 180 dias e já havia sido prorrogado uma vez, o que impossibilita mais uma nova prorrogação. Há a possibilidade da criação de outra CEV para retomar as atividades.
De acordo com o Cuco, assim que possível, a comissão será retomada. "Essa CEV tratou sobre os equipamentos do Sesc para Mogi. Assim que possível gostaríamos de retomar a comissão e torcer para que a cidade veja crescer esse centro de convivência que será colocado à disposição de todos os mogianos", finalizou o vereador.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News