Diversidade no espaço educativo

"Eu achei o encontro ótimo, pois é diversificado, e as sugestões são apropriadas às minhas turmas" - FOTO: Suéller Costa
Alguns educadores participaram pela primeira vez da capacitação, e, em sua maioria, a acharam produtiva. A professora Alexia Vanessa dos Passos Petrecone, que leciona para uma turma do 5° ano e outra do 2° ano, ambas na Emef Nelson de Oliveira Camargo, aprovou a experiência. "Eu gostei, porque, participando, eu posso compreender melhor o trabalho com o jornal. Aqui, a gente aprende a como fazer uso deste meio. Para este ano, eu pretendo trabalhar mais com este veículo. Eu vou realizar mais leituras das notícias, assuntos não vão faltar, pois teremos Copa do Mundo e Eleições. Quero deixar os meus alunos informados", comentou.

As atividades são uma forma de complementar o trabalho do educador e ampliar as ideias que cada um tem em mente. O importante é promover a troca de experiências. E foi isso que chamou a atenção da Valéria Maria do Carmo Santos, que leciona para uma turma do 3° ano e outra do 4° ano, na Emef Nelson de Oliveira Camargo. "Eu acheio o encontro ótimo, pois é diversificado, e as sugestões são apropriadas às minhas turmas. São atividades que incentivam os alunos a ler, pesquisar, refletir e buscar as respostas às suas dúvidas. As minhas turmas estão aprendendo a manusear o jornal, e, com as propostas, eles vão notar que este veículo vai além da sua capa. Vou explorar melhor as editorias, os recursos jornalísticos e as finalidades deste meio", adianta.

O trabalho com o lúdico despertou a atenção da coordenadora da Emef Nelson de Oliveira Camargo, Flaviana Rodrigues Alves. "Eu achei a capacitação produtiva, lúdica e divertida. É um encontro diferente, pois saímos um pouco de uma formação tradicional, que consiste na leitura de textos e relatórios, para a produção de atividades que já podem ser aplicadas com os alunos. Gostei, pois é algo prático", finaliza. S.C.)

Deixe uma resposta

Comentários