Guararema

Proposta do 'Adote umanascente' é buscar parcerias

Programa quer estimular a participação da comunidade na melhoria do meio ambiente

Rinaldo Júnior*
01/09/2018 às 01:03
Atualizada em 01/09/2018 às 01:03.
Divulgação

Parque Nascentes do Tietê - FOTO: Divulgação

O programa "Adote uma nascente" foi implantado na última terça-feira em Guararema com o objetivo de estimular a recuperação das nascentes no município. As informações foram divulgadas na manhã de ontem pelo encarregado técnico do projeto, Fabiano Massaharu Tomita. Atualmente, a cidade possui 1.879 nascentes e, desse total, 819 deverão ser analisadas pelo Conselho de Meio Ambiente.
A ideia principal do programa é estimular que as pessoas interessadas em recuperar nascentes possam adotar um ambiente e colaborar com ações propostas pelo conselho. "Cada lugar tem um trabalho específico. Com as nascentes recuperadas, a própria pessoa que ajudou na ação poderá investir no ambiente", disse Tomita.
Do total das nascentes em Guararema, 488 não possuem vegetação, o que equivale a 26% dos mananciais. Outras 331 estão parcialmente com vegetações. De acordo com o técnico, esses dados influenciam no tratamento. "As nascentes que estão com poucas vegetações não necessitam de muito trabalho para recuperar, por isso, serão mais baratas de se investir. Em contrapartida, as que não têm nenhuma vegetação já são mais caras", ressaltou.
Ainda segundo Tomita, a região norte do município é a que tem menor quantidade de vegetação. "Se pegarmos o mapa de Guararema, é possível visualizar que a região central e a do sul têm uma boa quantidade de vegetação, já a do norte não. Por esse motivo, o norte terá maior prioridade no programa", avaliou.
A proposta do "Adote uma nascente" vem sendo discutida há três anos na cidade. Desde o início da crise hídrica que atingiu o Estado, os integrantes do conselho se reúnem para debater melhorias na área ambiental do município.
As pessoas interessadas em adotar uma nascente devem comparecer na prefeitura, localizada na rua praça Coronel Brasílio Fonseca, 35, centro, e informar os dados necessários para a inscrição. "A nossa primeira etapa será o estímulo para que voluntários venham à administração municipal. Em seguida, deveremos ir às casas da região. Todas as pessoas que têm uma vegetação precisarão, um dia, recuperar o local. Nós só vamos adiantar esse trabalho", finalizou Tomita.
* Texto supervisionado pelo editor.
 
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News