Opinião

Do mesmo saco

Olavo Câmara
01/09/2018 às 06:10
Atualizada em 01/09/2018 às 06:10.
O que faremos? Não bastasse o momento triste que se vive neste país, percebe-se que vários candidatos são amigos e atuaram como ministros do governo Lula.
Vejamos: analisem com carinho os candidatos a Presidente da República. Mirelles, Ciro Gomes, Marina Silva e Haddad. Todos foram ministros do governo Lula. Ora, o líder maior deles está preso em Curitiba e são candidatos para dividir o eleitorado, mas são da mesma farinha.
Quantas dificuldades para escolher um presidente, sendo que nenhum dos candidatos tem estilo ou perfil de um estadista. Mais uma vez a fragilidade política está imposta à sociedade. Com 35 partidos oficiais, sendo a maioria denominada popularmente de "nanicos" o que esperar destes candidatos caso um destes seja eleito?
As campanhas políticas são impregnadas de promessas de mudanças radicais e de um tom essencialmente emocional. Os políticos, antes de defenderem ideias, programas ou projetos, travam batalhas entre si, apontando erros, omissões e chegando até aos ataques pessoais. Atualmente os "nanicos" se unem aos grandes para oferecer o seu tempo de radio e televisão em troca de cargos caso o seu aliado seja eleito.
O presidente eleito não terá liberdade para governar, pois terá que se unir ao congresso nacional e negociar tudo. É o chamado "troca-troca". Par ser um estadista o presidente necessita escolher gente decente, honesta, ética e com competência. Mas isso não acontece. No "troca-troca" são nomeados políticos sem experiência. O conluio entre a Presidência e o congresso nacional, destrói a nação. O novo presidente diminuirá o numero de ministérios? Os integrantes do congresso atual serão reeleitos? Ou serão os mesmos da atualidade.
Caso haja renovação de setenta por cento, os novos deputados e senadores serão melhores ou piores que os atuais? Eis aí as dificuldades para se impor o desenvolvimento político, social e econômica para o país. O Brasil somente sairá do atoleiro se houver profundas reformas e surgirem novas lideranças honestas. É um mito!
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News