Cidades

Entender Mogi também é conhecer o meio ambiente

Secretaria vem investindo em diferentes ações, como a retomada de projetos, entre eles a reforma da Ilha Marabá que deve receber aproximadamente R$ 30 mil

Lilian Pereira
08/09/2018 às 22:45
Atualizada em 08/09/2018 às 22:45.
Daniel Carvalho

Visitantes 'encaram' a trilha e podem ver de perto grande variedade de plantas e animais - FOTO: Daniel Carvalho

Mogi das Cruzes nasceu às margens do rio Tietê e se desenvolveu em seu entorno, sendo muitas vezes, cenário de repouso para bandeirantes que transitavam pela região. Com isso, a importância do Verde e do Meio Ambiente na cidade é muito maior do que se imagina, fazendo com que a administração municipal resgate o passado para que ele esteja presente na vida da população. Um exemplo disso é a Ilha Marabá, localizada no bairro Mogilar, que após cinco anos, voltará a receber visitantes.
Desde 2013, a área com 13.410 metros quadrados está desativada, mas a situação deve mudar. "Conseguimos recursos para a Ilha Marabá com o Conselho Mogiano do Meio Ambiente (Comoma) para ajudar na reforma, manutenção, além da ponte, que é o mais caro", contou o secretário do Verde e Meio Ambiente, Daniel de Lima Teixeira, reforçando que esse fundo servirá para investir cerca de R$ 30 mil no local.
Em 1985, o Parque Municipal Francisco Affonso de Mello, o Chiquinho Veríssimo, foi desativado. Em 2000, o local foi reconhecido como unidade de preservação ambiental pelo governo do Estado e o Ministério do Meio Ambiente, fazendo parte do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (Snuc). Já em 2004, o parque foi reaberto, mas com limitação de visitantes. Ao todo, são 352,3 hectares de área, abrigando 300 espécies de animais e vegetação, com a identificação de quase 300 espécies de aves e 40 espécies de mamíferos.
Recentemente, uma conquista da administração municipal foi a aprovação da Área de Proteção Ambiental (APA) da Serra do Itapeti pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema), que aconteceu em junho. A medida deve contribuir para o reforço no patrulhamento pela Polícia Ambiental e o aumento no repasse de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) - o ICMS ecológico. "O processo estava parado desde 2013 e agora foi aprovado. Falta apenas a assinatura do governador do Estado, que pode sair a qualquer momento", ressaltou o secretário.
Campanhas
A pasta realiza diversas ações. Neste ano, aconteceu o "Junho Verde", com diversas atividades na área do Verde e Meio Ambiente. Outra ação foi a 1ª Mostra de Vídeos Ambientais, realizada no Cemforpe. Também aconteceram o plantio de mudas de Cambuci e a reinauguração do Viveiro de Mudas no Parque Leon Feffer, que foi totalmente revitalizado.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News