Itaquá

Estrada do Campo Limpo gera dor de cabeça aos moradores

Partes da via foram recapeadas pela prefeitura, porém, há outros trechos que ainda não receberam melhorias

Rinaldo Júnior*
03/09/2018 às 23:08
Atualizada em 03/09/2018 às 23:08.
Vitoria Mikaelli

Reclamação estrada Campo Limpo - Itaquá - FOTO: Vitoria Mikaelli

Alvo de reclamação por parte dos moradores do bairro Jardim do Vale, em Itaquaquecetuba, a estrada do Campo Limpo começou a receber melhorias no mês passado, após a liberação de uma verba no valor de
R$ 17 milhões, vinda de um convênio firmado pela prefeitura com o Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento (Fumefi), do governo do Estado, que revitalizarás essa e outras vias.
A reportagem esteve ontem de manhã no local para conferir as mudanças da via e, de fato, constatou que alguns pontos foram recapeados, entretanto, há outros trechos que continuam irritando a população que precisa passar todo dia pela Campo Limpo.
Uma dessas pessoas é o comerciante Lucas Ribeiro da Silva, de 60 anos. Ele, que é morador da Vila Virgínia, explicou que o local ainda causa acidentes. "As equipes da prefeitura realizaram as obras, porém, esqueceram que a via continua até a estrada Pinheirinho Novo. Somente uma parte da rua foi asfaltada, as outras continuam cheias de buracos e que ocasionam muitos acidentes", destacou. 
O proprietário de um farmácia localizado na via, e morador do Jardim Paineira, Elson Rodrigues, 31, comentou que quando dois veículos pesados precisam passar simultaneamente, um deles deve frear para ou outro prosseguir. "Por conta dos buracos, basicamente toda semana, infelizmente, tem um acidente na via. Além disso, o trânsito é muito grande. Quando passa um caminhão em certos pontos da estrada, um ônibus precisa esperar e assim por diante", afirmou.
A Prefeitura de Itaquá foi questionada sobre a situação da estrada e em nota informou que "as obras de recuperação foram no trecho inicial que estava mais comprometido, incluindo troca de solo devido ao péssimo estado e falta de manutenção nos últimos 20 anos. Está prevista a segunda fase para os próximos recursos que serão obtidos junto aos governos Federal e estadual". 
*Texto supervisionado pelo editor.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News