Restaurante popular

Prefeito apresenta projeto para construção do Bom Prato

Marcus Melo esteve ontem no terreno, no distrito de Jundiapeba, onde futuramente o serviço será oferecido

Luana Nogueira
10/09/2018 às 23:17
Atualizada em 10/09/2018 às 23:17.
Vitoria Mikaelli

Restaurante Popular em Jundiapeba - Prefeito Marcus Melo - FOTO: Vitoria Mikaelli

O distrito de Jundiapeba ganhará um restaurante popular até o fim de 2019. O prefeito Marcus Melo (PSDB) apresentou ontem o projeto do prédio que terá a capacidade para acomodar 200 pessoas. O tucano ressaltou que aguarda o apoio do governo estadual para inserir o programa Bom Prato, que oferece refeições por R$ 1, no entanto, afirmou que se a parceria não se concretizar, a prefeitura vai custear o serviço com recurso próprio. 
O terreno que deve receber o restaurante popular está localizado no cruzamento das ruas Doutor Francisco Soares Marialva e rua Cecília da Rocha. O imóvel ficará ao lado da futura Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Jundiapeba, do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e da creche Maria José Alves de Souza. O orçamento inicial aponta que a obra custará R$ 800 mil e será realizada em etapas, sendo primeiro a estrutura, acabamento e aquisição dos equipamentos.
Melo ressaltou que a instalação do restaurante popular no local transformará o endereço em um quarteirão de serviços municipais. "A previsão para início das obras é o começo de 2019. Começamos o processo administrativo agora, existe toda a questão burocrática de empenho, dotação e licitação. Estamos trabalhando para fazer uma parceria com o governo do Estado. Sendo recursos e gestão do município, será um restaurante popular com características próprias. Se for com recursos do Estado, que é nosso objetivo, será um modelo padrão do Bom Prato", ressaltou.
A instalação de uma unidade do Bom Prato no distrito é uma promessa antiga. Em junho, uma equipe técnica do governo estadual vistoriou um prédio cotado para receber o serviço. Sobre a questão, o prefeito informou que aguarda uma resposta concreta do Estado. "Se sair o recurso para a instalação do Bom Prato já nesse ano, não seria econômico fazer a instalação e adequação em um prédio locado e depois transferir o serviço. É prudente instalar e manter no mesmo local, como ocorre no Bom Prato do centro. O mais importante é ter a alimentação com um preço incentivado pelo governo do município ou do Estado, o mais rápido possível", informou.
O vereador Antonio Lino da Silva (PSD), que participou do evento, afirmou que agendará uma reunião na Secretaria de Estado da Assistência Social para tentar viabilizar a instalação do Bom Prato ainda neste ano. "Podemos iniciar o atendimento em um prédio alugado e depois transferir para o novo espaço", avaliou.
O secretário de Obras, Claudio de Faria Rodrigues, informou que o projeto do restaurante segue modelos já instalado no Estado. O imóvel contará com cozinha, sanitários e vestiários.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News