alerta

Tentativa de suicídio sofre aumento de 200% em um ano

Pesquisa contabilizou 138 casos no ano passado, contra 46 em 2016; setembro é o mês de conscientização

Luana Nogueira
14/09/2018 às 23:38
Atualizada em 14/09/2018 às 23:38.

FOTO:

As tentativas de suicídio no ano passado aumentaram 200% em relação a 2016, quando 46 pessoas tentaram tirar a própria vida. Em 2017, o número subiu para 138. Em sete anos, o município registrou 443 tentativas de suicídios. Os dados são do Sistema de Informação de Agravos de Notificações (Sinan). O Setembro Amarelo marca a luta pela conscientização e prevenção do suicídio. 
Pela série histórica divulgada pelo Sinan, dos casos registrados entre 2011 e 2017, 51,5% foram cometidos por mulheres, enquanto 48,4% por homens. A maior prevalência foi registrada nos mogianos com idade entre 30 a 39 anos, os quais 13,3% no caso das mulheres e 12% no dos homens. O sistema também contabilizou os casos de intoxicação autoprovocada: no ano passado, foram registrados 38 casos, com quatro mortes. Somando os sete anos analisados pelo Sinan, foram 268 notificações e 12 mortes. Em 28,8% dos casos, a intoxicação foi provocada por pessoas com idade entre 20 e 29 anos. 
A coordenadora do Centro de Valorização da Vida (CVV) de Mogi, Ivone Aparecida da Silva, esclareceu que a unidade da cidade atender as chamadas de várias regiões do Brasil, não apenas do Alto Tietê. São 100 postos da entidade espalhados pelo país, que recebem uma média de 8 mil a 10 mil ligações todos os dias.
O atendimento realizado no posto de Mogi é feito por 20 voluntários. Essas pessoas passam por um treinamento intensivo antes de começar a trabalhar na unidade. As inscrições são abertas duas vezes por ano, sendo que a última ocorreu em agosto. "As pessoas que ligam sempre têm algum tipo de problema. Nosso papel é a prevenção ao suicídio. Nosso lema é "falar é a melhor solução". O voluntário precisa ter disponibilidade de tempo pra o trabalho e ter autoconhecimento", informou a coordenadora.
Ivone disse que durante o Setembro Amarelo, o número de ligações aumenta. "O suicídio não é o principal motivo das ligações, são questões do dia a dia, de pessoas que estão desesperadas e não veem uma saída. O Setembro Amarelo é muito importante. Começou em 2015 e, no ano passado, tivemos várias questões sérias como a Baleia Azul (jogo feito por redes sociais que levou muitos adolescentes à moite). Não tem como mais esconder e não falar do suicídio. O Setembro Amarelo chama a atenção para esse tema que é muito importante", ressaltou.
Campanha
O CVV de Mogi vai realizar uma campanha de conscientização no dia 15, das 9 às 12 horas, no Largo do Rosário. O serviço funciona pelo telefone 188 e outras informações, como inscrições para ser voluntário, podem ser conseguidas pelo e-mail: [email protected]

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News