Opinião

A volta do filho

Mauro Jordão
29/12/2019 às 06:10
Atualizada em 29/12/2019 às 06:10.
Em 1966, Sergio Porto, mais conhecido pela alcunha de Stanislaw Ponte Preta, lançou seu primeiro livro, Febeapá - O Festival de Besteira que Assola o País, após esses mais de 50 anos do seu lançamento vejo que no mundo, também, cada vez mais, a mente dos homens tem sido invadida por um besteirol sem igual de tolices e crendices. O homem tornou-se um gigante em Tecnologia e Ciência, porém, continua um pigmeu em conhecimento espiritual, desprovido da sabedoria de Deus.
Há necessidade de alinharmos a razão à fé, ela ensina o respeito à vida, sem ferir a bioética ou profanar o sagrado, quando há incessante busca por resultados. O Pai da Medicina, Hipocrates (460 a. C. - 370 a. C.), recomendava aos seus discípulos: "Primum non nocere" ( Primeiro, não prejudicar ), quando em atendimento do enfermo. Quando Deus desceu para intervir na construção da Torre de Babel, disse: "Isso é apenas o começo: agora não haverá restrição para tudo que o homem deseja fazer".
Rebeldia e desobediência havia neles por contrariar a ordem de Deus para se espalharem por toda a superfície da terra. À medida que a torre se erguia para o céu os homens iam perdendo a dependência de Deus, ao ponto de concluírem que não mais precisariam Dele. Quando o poder aumenta o amor diminui.
Nos tempos atuais o mesmo tem acontecido; o homem pela razão construiu sua torre de babel, o "eu" cresceu em poder e autonomia, a inteligência de Deus foi substituída pela inteligência artificial, o homem pragmático na busca de cumprir metas deixou o prazer de ser família. Sendo assim, o poder é força e o amor é fraqueza. Esta voltando à superfície a tirania do nazismo. Como nos tempos de Noé, vê Deus que a maldade do homem está se multiplicando na terra, e que de continuo é mau todo desígnio do seu coração, decidiu enviar novamente seu Filho ao mundo, agora não mais como Servo do amor, mas como Senhor da justiça para julgar e condenar os ímpios por suas obras más, por rejeitarem a cruz e os ensinos de Jesus. Feliz Ano Novo!
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News