Terminal de Mogi

Embarques ficam abaixo do esperado

Thamires Marcelino*
12/01/2020 às 06:10
Atualizada em 12/01/2020 às 06:10.
Amanda Miwa

Movimento no Terminal Rodoviário de Mogi das Cruzes no Natal - FOTO: Amanda Miwa

A empresa que gerencia o Terminal Rodoviário Geraldo Scavone, Atlântica Construções Comércio e Serviços, localizado no bairro Vila Mogilar, em Mogi das Cruzes, informou que a quantidade de pessoas que utilizariam a rodoviária para embarques, entre os dias 26 e 31 de dezembro, não atingiu as expectativas. Conforme já divulgado pelo Grupo Mogi News, a estimativa era de 19 mil pessoas, no entanto 15.498 contrataram os serviços de embarques da plataforma. O número é 18,5% menor do que o esperado.
Juntamente com o balanço, a Atlântica Construções afirmou que alguns fatores, como o transporte clandestino e os transportes por aplicativo, podem ser as causas do resultado negativo. Na data em que comemora-se o Ano-Novo, muitas pessoas aproveitam para viajar até as praias do litoral norte. No entanto, além dos ônibus e os táxis, os transportes por aplicativos vêm fazendo sucesso como mais uma alternativa.
Já os transportes ilegais de passageiros, feitos por grupos de pessoas que conduzem veículos sem autorização para este tipo de locomoção são, geralmente, opções das pessoas que pretendem pagar o menor custo nas viagens. Isso porque o valor cobrado é inferior aos transportes legalizados pelo poder público, como aponta o artigo 237 da lei de número 9.503/97, que proíbe o tráfego de qualquer veículo em desacordo com as especificações, falta de inscrição e simbologias necessárias exigidas pela legislação brasileira.
De acordo com Secretaria Municipal de Transportes, a fiscalização do transporte clandestino é um trabalho em conjunto das equipes da Pasta com a Polícia Militar. Durante o mês de dezembro, foram abordados 34 veículos de transporte clandestino pelas equipes de fiscalização. O número é 17,2% maior do que o registrado em novembro, segundo a Prefeitura de Mogi. "Sobre os transportes por aplicativo, o setor é uma realidade em todo país, reconhecido por legislação federal. Em Mogi existe uma legislação que regulamenta a atividade. Por decisão judicial, a Secretaria Municipal de Transportes está impedida de fiscalizar as empresas Uber e 99", acrescentou.
(*Texto supervisionado pelo editor.)
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News