saúde

Pentavalente é novamente aplicada em postos de Mogi

Secretaria Municipal de Saúde informou que recebeu 2,5 mil doses; quantidade é suficiente para o município

Thamires Marcelino*
15/01/2020 às 00:41
Atualizada em 15/01/2020 às 00:41.
Amanda Miwa

Vacina: Pentavalente UBS Jardim Universo - FOTO: Amanda Miwa

Os pais que estavam à procura da vacina pentavalente para imunizar os filhos já iniciaram a procura pelas aplicações após um semestre inteiro da falta das doses na rede pública. O Ministério da Saúde havia suspendido o abastecimento das vacinas por problemas ocasionados com os fornecedores no ano passado. Em Mogi das Cruzes, 2,5 mil aplicações foram recebidas e distribuídas para os postos pela Secretaria Municipal de Saúde, na última quinta-feira. De acordo com a Pasta, a quantidade é suficiente para preencher os estoques que estavam vazios.
A dona de casa Viviane Santana, de 34 anos, esteve ontem pela manhã na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Jardim Universo, em Mogi, vacinando a filha de cinco meses com a pentavalente. "Eu soube da falta de fornecimento pelo Ministério da Saúde, cheguei a fazer o orçamento para a minha filha ser vacinada na farmácia particular, mas o valor de uma dose é R$ 400. Agora que soube do reabastecimento, vim imediatamente à unidade", afirmou.
Outro mogiano que estava procurando a vacina é o garçom William Domingues, 31. No final de dezembro do ano anterior ele foi em busca da imunização pelo setor público, mas não encontrou devido à escassez de abastecimento. "Eu não cheguei a ficar preocupado pelo meu filho não ter tomado a vacina no mês passado, mas acredito que se demorasse mais, eu ficaria", destacou.
Já o segurança Eliezer Garcia, 23, contou que não passou pelo problema da falta da vacina, no entanto, caso necessitasse fazer a aplicação em uma clínica ou farmácia, o valor comprometeria as finanças do mês. "Mesmo não passando por esta situação, se eu precisasse pagar a vacina na rede particular, meu orçamento mensal ficaria bastante prejudicado porque as doses são muito caras", acrescentou.
Imunização
De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina é obrigatória para todos os recém-nascidos e está incluída na caderneta de vacinação. Os pais e responsáveis devem vacinar os bebês a cada dois meses, sendo uma dose com dois, quatro e seis meses de vida. A imunização garante a proteção contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra a bactéria haemophilus influenza tipo b, responsável por infecções no nariz, meninge e na garganta.
(*Texto supervisionado pelo editor.)
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News