Transportes

Preço da tarifa de ônibus em Mogi é mantido em R$ 4,50

Concessionárias CS Brasil e Princesa do Norte reivindicavam ajuste, mas prefeitura decidiu pelo congelamento

Nicolas Takada*
16/01/2020 às 00:03
Atualizada em 16/01/2020 às 00:03.

FOTO:

A tarifa do transporte coletivo em Mogi das Cruzes não vai aumentar neste ano. A informação foi divulgada ontem pela Prefeitura de Mogi, que explicou durante uma coletiva que as duas empresas responsáveis pelo transporte, a CS Brasil e a Princesa do Norte, fizeram pedidos para aumento de até R$ 5,46, no entanto, a solicitação não foi acatada.
A última mudança no valor da tarifa aconteceu em janeiro de 2019, quando ela passou de R$ 4,10 para R$ 4,50. De acordo com o prefeito Marcus Melo (PSDB), o congelamento do valor se deu pelas análises técnicas dos pedidos das empresas, nos quais são considerados o valor do combustível, a folha de pagamento, o desgaste e as obrigações contratuais.
"Todos os anos as empresas fazem esses pedidos e nós fazemos as análises técnicas. Dentro do momento em que estamos, os estudos apontaram que é possível manter a tarifa de ônibus no mesmo valor do ano passado", argumentou Melo.
As empresas responsáveis pelos transportes coletivos encaminharam as solicitações para o Executivo, pedindo valores no reajuste, sendo requisitado a alteração de R$ 4,50 para R$ 5,26 pela CS Brasil e R$ 5,46 pela Princesa do Norte.
A reportagem procurou a CS Brasil para comentar sobre o congelamento, mas ela disse que só irá se pronunciar quando for oficialmente comunicada pela prefeitura.
Na coletiva de ontem, uma renovação de frota também foi apontada pelo secretário de Transportes, José Luiz Freire de Almeida. Serão 47 novos ônibus, sendo 27 da CS Brasil e 20 da Princesa do Norte. Atualmente, a frota da cidade é composta por 247 ônibus adaptados, sendo que 231 possuem Wi-Fi.
Segundo dados do Executivo, um total de 39,4 milhões de passageiros foram transportados no ano passado pelas 85 linhas que atendem a cidade. A prefeitura também apontou que as equipes técnicas estão estudando o sistema de transporte coletivo da cidade, que foi implantado há dez anos, mas não deu detalhes sobre os estudos.
Abrigos
Foi anunciado também a implantação de 470 novos abrigos de ônibus, ao custo de R$ 6,4 milhões, conforme o Grupo Mogi News havia publicado no dia 29 de dezembro de 2019. Os abrigos terão iluminação, entradas USB e também mapas das linhas dos ônibus municipais.
Nos percursos intermunicipais, o reajuste das tarifas, se for confirmado, pode passar a vigorar a partir do dia 19, segundo informações da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU).
*Texto supervisionado pelo editor.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News