Inspiração

Vigilância Socioassistencial é referência para Brumadinho

Representantes da cidade mineira vieram conhecer o sistema implantado em Mogi, em 2013, que virou modelo

17/01/2020 às 00:21
Atualizada em 17/01/2020 às 00:21.
Divulgação/PMMC

Brumadinho - FOTO: Divulgação/PMMC

O prefeito Marcus Melo (PSDB) recebeu ontem representantes da Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social (Drads), da Secretaria de Estado de Assistência e Desenvolvimento Social e da Prefeitura de Brumadinho (MG). Mogi das Cruzes foi indicada pela Drads como um dos modelos paulistas de Vigilância Socioassistencial e os técnicos estiveram na cidade para conhecer detalhes do serviço.
Melo destacou a importância de promover a troca de experiências com outros municípios. "Sempre que possível e necessário, Mogi das Cruzes também busca soluções em outros municípios e é um prazer poder colaborar. Estamos à disposição para ceder o que for preciso: informação, legislação, software, enfim, tudo o que puder ajudar no trabalho de vocês", afirmou o chefe do Executivo.
O assistente social de Brumadinho, Felipe de Souza, agradeceu a oportunidade. "O que estamos vendo em Mogi das Cruzes contribui para oxigenarmos as ideias. Quando aconteceu a tragédia, nos foram solicitados dados e ainda não tínhamos Vigilância Socioassistencial. O sistema foi construído a 'toque de caixa' para resolver uma situação emergencial e a meta agora é trabalhar de forma mais planejada e focados na prevenção", explicou.
Mogi é uma das referências na área de Vigilância Sociassistencial. Criado com exclusividade para a prefeitura em 2012 e instalado a partir de 2013, a Informatização da Rede de Serviços da Assistência Social (Irsas) é uma ferramenta que reúne informações de atendimentos realizados na área socioassistencial, integrando e otimizando a rede de atendimento socioassistencial.
A Irsas possibilita, entre outros mecanismos, acesso à informação em tempo real compartilhada pela rede, possibilitando a análise de oferta e demanda do público em situações de vulnerabilidade. O sistema de cadastro permite o acompanhamento de todos os atendimentos realizados pela rede socioassistencial governamental e não governamental. Ou seja, unidades do Cras, Creas, Centro POP e entidades sociais parceiras.
O grupo coordenado pelo diretor da Drads, Audrey Rodrigues, também visitou a Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp). "São referências importantes e que podem contribuir para o avanço de outras gestões", comentou. A Ciemp conta com 284 câmeras de monitoramento, sendo 78 câmeras móveis, instaladas em ruas e avenidas, e 206 fixas, instaladas em prédios públicos. O sistema é operado pelos guardas municipais, com a presença de policial militar 24 horas por dia.
Também participaram da visita Guilherme Palleros, coordenador da Vigilância Sociassistencial da Região; Alice Gambardella, pesquisadora da UFPB; Edernaud Arrison de Souza e Priscila de Souza, da Secretaria de Estado de Assistência e Desenvolvimento Social.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News