Assassinato

Mandante de crime é preso em São Paulo

Homicídio ocorreu em setembro de 2018, em Itaquá, quando a vítima estava sentada em uma calçada; atirador é conhecido, mas está foragido

Thamires Marcelino*
17/01/2020 às 00:21
Atualizada em 17/01/2020 às 00:21.

FOTO:

O Setor de Homicídios de Mogi das Cruzes indiciou dois homens pelo assassinato e tentativa de assassinato de outras duas pessoas em Itaquaquecetuba. O caso ocorreu na rua Vereadores, no bairro Jardim Maria Elisa, em 24 setembro de 2018. Um deles, que seria o mandante do crime, está preso. Na casa dele foram localizadas nove munições de calibre 12. O outro indivíduo, que teria atirado contra as vítimas, chegou a ser ouvido pelos policiais, mas acabou fugindo antes que a Justiça emitisse o mandado de prisão provisória.
Segundo o Setor de Homicídios, as duas vítimas estavam conversando na calçada quando a dupla de criminosos, que entregava panfletos políticos em razão do período eleitoral, efetuou disparos na direção dos dois homens. Um deles, João José dos Santos, de 63 anos, foi atingido no rosto e morreu na hora. O outro, um eletricista, foi atingido na perna e se recuperou dos ferimentos após atendimento médico.
Em conversa com a reportagem, o delegado Rubens José Angelo informou que conseguiu descobrir quem era o atirador após análise de impressão digital das publicações. "Pegamos um dos panfletos que estavam sendo entregues e fizemos esse procedimento. Fomos atrás do sujeito que efetuou os disparos e ele negou, dizendo que nunca esteve na cena do crime".
Para Angelo, somente a digital do panfleto não seria suficiente para pedir a prisão do atirador. "Nós conseguimos a quebra de sigilo telefônico dele e vimos que ele esteve no local no dia do crime, depois dessa confirmação pedimos a prisão provisória dele, mas ele acabou fugindo".
Por sua vez, o mandante do crime foi encontrado em São Paulo, com as munições. A polícia conseguiu chegar até ele após investigação. A motivação do crime ainda não foi conhecida. "Não sabemos, estamos investigando. A vítima tinha um patrimônio considerável, mas não temos a confirmação da ligação do crime com o patrimônio dela". O segundo suspeito segue sendo procurado pela polícia.  
(*Texto supervisionado pelo editor.)
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News