Desassoreamento

Estado destina R$ 35 milhões para rios e córregos da região

Anúncio da liberação ocorreu ontem, em reunião com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente

Felipe Antonelli
17/01/2020 às 00:21
Atualizada em 17/01/2020 às 00:21.

FOTO:

Cerca de R$ 35 milhões. Este é o montante que o Estado de São Paulo planeja destinar a projetos, monitoramento e principalmente desassoreamentos de rios e córregos nas cidades integrantes do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat).
A informação foi passada a representantes do grupo na tarde de ontem, quando prefeitos do Condemat participaram de uma reunião com o secretário de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, e a equipe técnica da Pasta para tratar dos projetos.
Estão previstos, com verbas do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), R$ 12,6 milhões em obras de limpeza e desassoreamento nos rios Guaió (Suzano), Jaguari (Suzano e Itaquaquecetuba) e Jundiaí (Mogi das Cruzes), nos córregos Itaim (Poá) e Pedrinhas (Guarulhos), além do plano de obras para o córrego Três Pontes (São Paulo e Itaquaquecetuba).Também estão previstos mais R$ 23,5 milhões em projetos, monitoramento e desassoreamento do córrego Caputera, rios Jundiaí, Guaió e Tietê.
De acordo com o presidente do Condemat, o prefeito de Mogi, Marcus Melo (PSDB), tais obras serão realizadas pelo Departamento de Águas e Energias Elétricas (DAEE), liberando as prefeituras de realizarem licitações e contratar empresas para tais serviços. "O importante é que garantimos o investimento para a região. Fiquei muito feliz com a representatividade dos municípios na reunião de hoje (ontem) e satisfeito com o cumprimento da promessa da secretaria", ressaltou o presidente Melo, se referindo a fala do secretário Penido que afirmou, no começo do ano passado, que uma das prioridades da Pasta era o desassoreamento de rios e córregos do Alto Tietê com o objetivo de minimizar os problemas de alagamento provocados pelas fortes chuvas. Os trabalhos não tem data para começar
Demandas
O Condemat apresentou, ainda, uma relação detalhada, por município, dos córregos e rios que precisam de intervenções. São, ao todo, 74 pontos que causam alagamentos e enchentes, incluindo os que já possuem certeza de limpeza. Uma das tratativas encaminhadas é para, em parceria com o Comitê de Bacia Hidrográfica do Alto Tietê, antecipar ainda para o primeiro trimestre o chamamento público para apresentação de novos projetos junto ao Fehidro.
Suzano
O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), junto ao deputado estadual André do Prado (PL), estiveram na reunião de ontem e aproveitaram a oportunidade para protocolar um pedido emergencial para desassoreamento dos rios Tietê, Guaió, Taiaçupeba-Mirim e Jaguari.
No documento, o chefe do Executivo suzanense salienta a importância da limpeza após a incidência de altos índices pluviométricos em Suzano nas últimas semanas e também apresenta as ações preventivas realizadas pela prefeitura, ao passo em que pede um plano emergencial para atuação no município.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News