serra do mar

Grupo é resgatado depois de se perder em mata de Biritiba

Sinal ruim do celular dificultou localização das vítimas; bombeiros conseguiram realizar resgate ontem de manhã

Vitor Gianluca*
18/01/2020 às 02:37
Atualizada em 18/01/2020 às 02:37.
Mariana Acioli

Cachoeira do Rio Guacá, Biritiba-Mirim - SP - FOTO: Mariana Acioli

Um grupo de cinco pessoas foi resgatado ontem de manhã pelo Corpo de Bombeiros após se perder na Serra do Mar, em Biritiba Mirim. O grupo era formado por quatro homens e uma mulher, com idades entre 20 e 28 anos. Eles estavam fazendo a trilha da cachoeira da Pedra Furada, na tarde de anteontem, momento em que entraram em uma área de preservação sem autorização e se perderam.
Por se tratar de uma mata, o sinal de celular era fraco e, por isso, tiveram dificuldade em pedir ajuda. Quando conseguiram, por volta das 20 horas, mandaram a localização para os bombeiros, que prontamente foram prestar socorro. O grupo foi encontrado por volta da
1 hora, sendo necessários cinco viaturas e 17 bombeiros para realizar o resgate.
No entanto, ao chegar no local descrito pelo grupo, os bombeiros tiveram dificuldades em acessar a área, por estar chovendo e pela luminosidade. Sendo assim, por questões de segurança, os bombeiros decidiram aguardar o amanhecer junto ao grupo e concluíram o resgate na manhã de ontem.
As cinco pessoas receberam atendimento médico da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), ninguém teve ferimentos graves.
Segundo os bombeiros, as pessoas adentraram à mata com o objetivo de ir até a cachoeira da Pedra Furada, onde é permitido, porém, acabaram se perdendo no meio na área de preservação e não conseguiam voltar. Cada integrante foi multado no valor de
R$ 1 mil pela Polícia Ambiental por adentrar a área sem autorização prévia.
O Corpo de Bombeiros sugere que as pessoas que pretendem fazer trilhas em áreas naturais tenham conhecimento previamente do local ou que vá com um guia, sabendo até onde é permitido ir. Também sugere que conheça um pouco das leis ambientais e as penas que elas podem acarretar.
Trilhas
No início de dezembro, um agente da Guarda Civil Municipal (GCM) de Itaquaquecetuba, morador de Mogi das Cruzes, Cristiano Vieira Vicentino, de 43 anos, foi encontrado morto ao lado da cachoeira Véu da Noiva. A vítima estava fazendo uma trilha acompanhado da mãe, 62, que segue desaparecida. Após muita procura, o Corpo de Bombeiros cessou as buscas por Iolanda, por ter se passado mais de um mês da ocorrência.
(*Texto supervisionado pelo editor.)
 
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News