Divisa Mogi-Suzano

Moradores fecham avenida Celeste para cobrar mais segurança

Protesto realizado na manhã de ontem teve queima de pneus e cartazes pedindo providências para as prefeituras

Gustavo Pereira*
18/01/2020 às 02:37
Atualizada em 18/01/2020 às 02:37.
Gustavo Pereira

Moradores fazem protesto exigindo melhorias na Avenida Celeste - FOTO: Gustavo Pereira

Moradores do Jardim Margarida, em Mogi das Cruzes, fizeram um protesto na manhã de ontem e colocaram fogo em pneus bloqueando a pista para exigir melhorias na avenida Celeste, principal acesso ao bairro e outras localidades, como o Conjunto Novo Horizonte e Jardim Piatã I e II. O ato, segundo os moradores, teve início após um acidente envolvendo uma criança na avenida na noite de quinta-feira.
Por se tratar de uma região que fica na divisa de Mogi com Suzano, os moradores exigem uma posição das duas prefeituras. Para a auxiliar de limpeza Ivanda de Brito Silva, moradora do Jardim Margarida há 37 anos, o pedido de melhorias é antigo. "Já foi mandado um ofício para as prefeituras para cobrar o serviço. As calçadas estão cheias de mato, somos obrigados a dividir a rua com os carros que passam por aqui gerando riscos de acidentes, como que aconteceu na noite de quinta", lamentou.
O protesto ocorreu de forma pacífica, com viaturas da Polícia Militar acompanhando de perto o ato. O Corpo de Bombeiros esteve no local para apagar o fogo e liberar a pista. A interdição levou cerca de uma hora e meia.
Segundo o presidente da Associação Beneficente do bairro, Henrique Soares, caso o poder público não tome medidas para a melhoria da via, novos protestos serão realizados. " Já estamos há mais de oito anos cobrando as prefeituras de Mogi e Suzano para a realização de manutenção da via, mas o que acaba acontecendo é um empurra-empurra de responsabilidade. Não temos um acesso decente para transitarmos com segurança", afirmou.
A avenida já foi palco de um acidente envolvendo um ônibus, em abril de 2018. Na ocorrência, o coletivo perdeu o controle, caiu em um córrego às margens da avenida Celeste e deixou 13 feridos.
Mesmo após o acidente, os moradores se sentem abandonados pelo poder público. Para Júlio César de Oliveira, responsável por uma ONG no bairro, as prefeituras não se esforçam para melhorar a vida dos moradores. "Quando é para enviar os impostos, as prefeituras lembram da nossa região, que é de pessoas carentes. Porém, quando é para realizar alguma melhoria não só no Jardim Margarida, como no Jardim Piatã e Novo Horizonte, eles nos abandonam", protestou.
Prefeituras
Em nota, a Secretaria Municipal de Segurança de Mogi das Cruzes informou que um representante dos moradores esteve junto com o secretário Paulo Roberto Madureira Sales e que o mesmo foi informado que o trecho requisitado para melhorias pertence a Suzano. Já no trecho de Mogi, a Pasta informou que realizará estudos nos imóveis para a implementação de calçada, mesmo que o trecho mogiano já conte com calçamento em um dos lados da avenida.
Já a Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana de Suzano informou que agentes de trânsito irão intensificar a presença no trecho para orientação e segurança. A Pasta de Manutenção e Serviços Urbanos explicou que uma equipe irá ao trecho pertencente à cidade para determinar quais as providências serão tomadas em relação a manutenção e zeladoria.
* Texto supervisionado pelo editor.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News