Neste ano

Prefeitos celebram ações de desassoreamento na região

Trabalhos serão realizados pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica; objetivo é reduzir os alagamentos

Felipe Antonelli
18/01/2020 às 02:38
Atualizada em 18/01/2020 às 02:38.
Mariana Acioli

Rio Tietê, Suzano - FOTO: Mariana Acioli

Após o anúncio de destinação de R$ 36 milhões por parte do Estado de São Paulo para o desassoreamento de rios e córregos do Alto Tietê para o biênio 2020/2021, os prefeitos representantes do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) manifestaram suas opiniões sobre o tema enaltecendo a importância de tais serviços.
O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL) - onde os rios Guaió, Jaguari e Tietê receberão obras de desassoreamento - solicitou o apoio do governo estadual para a realização dos trabalhos nos rios em trechos de Suzano, afirmando que a somatória de trabalhos resultará em menos riscos de alagamentos. "Com a prefeitura fazendo a limpeza, o Estado com o desassoreamento e a população com a fiscalização e a conscientização de não jogar lixo nas ruas teremos uma cidade melhor e com menos riscos de alagamentos", ressaltou.
Mesma situação em Itaquaquecetuba, onde o prefeito Mamoru Nakashima (PSDB) ressaltou a necessidade dos trabalhos a serem realizados nos rios Jaguari e Tietê além do córrego Três Pontes. "As ações no município são imprescindíveis para minimizar os alagamentos causados pelas cheias dos rios", completou em nota.
Em Poá, o prefeito Gian Lopes (PL) também afirmou que o desassoreamento do rio Tietê, córregos Itaim e Três Pontes e o rio Guaió é de extrema importância para o combate aos alagamentos na cidade e região.
Em Mogi das Cruzes mais detalhes sobre a limpeza dos rios mogianos foram divulgados e apontam para o desassoreamento total do rio Jundiaí ainda neste ano.
A informação foi passada pelo coordenador da Câmara Técnica de Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Condemat e secretário municipal de Verde e Meio Ambiente de Mogi das Cruzes, Daniel Teixeira de Lima, informando ainda que as obras no rio em questão devem começar já no primeiro semestre deste ano e serem concluídas ainda em 2020. Já para o rio Tietê, outro curso d'água que passa por Mogi a receber trabalhos de limpeza, as obras também devem ser iniciadas neste ano, entretanto, apenas no segundo semestre, e se estenderem ao longo dos seis primeiros meses de 2021.
"É bom deixar claro que o rio Jundiaí não passa por uma limpeza há mais de dez anos, o que torna os trabalhos mais difíceis, devido ao nível de intensidade com que as obras serão conduzidas", pontuou o secretário Lima.
DAEE
De acordo com o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) os projetos apresentados aos prefeitos do Condemat têm objetivo de desassorear trechos prioritários do Alto Tietê onde nunca foram realizados esses serviços ou onde o desassoreamento não era realizado há mais de dois anos.
 
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News