Desenvolvimento

Seade relata investimentos na cidade nos últimos anos

Maior quantia - R$ 35 milhões - foi para construção da nova unidade fabril da empresa de aquecedores Rinnai

Felipe Antonelli
21/01/2020 às 23:10
Atualizada em 21/01/2020 às 23:10.
Mariana Acioli

Inauguração de novo prédio do Rinnai - FOTO: Mariana Acioli

Dos 426 investimentos anunciados entre 2018 e 2019 na região Metropolitana de São Paulo, 12 estão em Mogi das Cruzes, com altas cifras. As informações, divulgadas ontem pela Pesquisa de Investimentos Anunciadas (Piesp) realizada pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade), apontam que as aplicações de dinheiro na cidade foram em diversos setores, assim como nas demais regiões do Estado, como serviços, comércio, indústria e infraestrutura.
Nem todos os anúncios de investimentos em Mogi tiveram seus valores divulgados pelos responsáveis, o que impossibilita saber qual obteve a maior quantia no período. O que se sabe é que, dentre os divulgados, o maior foi o aporte de
R$ 35 milhões para a instalação do sistema para indústria 4.0 e expansão da empresa de aquecedores feito pela Rinnai, no segundo trimestre do ano passado. O montante foi empregado na parte estrutural do novo prédio construído em Mogi, e também foi destinado para aquisição dos equipamentos restantes.
Outro divulgado e disponibilizado à população foi o de R$ 2,4 milhões para reforma, modernização e ampliação do terminal rodoviário Geraldo Scavone, feito pela Atlântica Construção, Comércio e Serviços. O projeto inclui a reforma dos sanitários, instalação de catracas, câmeras de segurança, relógios digitais, além de pintura e instalação de piso tátil.
Outros dois investimentos na cidade divulgaram suas cifras e somam pouco mais de R$ 1,45 milhão. A construção do centro de tecnologia com realidade virtual destinado à capacitação de funcionário para a indústria 4.0, no valor de R$ 1 milhão feito pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e a inauguração da loja de eletrônicos e informática no Mogi Shopping, no valor de R$ 450 mil feito pela empresa Reset.
Seja por opção pessoal ou estratégia de mercado, grandes empresas também investiram em Mogi e optaram por não divulgar os valores das obras, como por exemplo a HBR Realty, que está investindo na construção do Shopping Urupema, no centro da cidade, e o grupo sueco Diaverum, que assumiu o Instituto de Nefrologia de Mogi das Cruzes e realizou a ampliação da clínica de atendimento nos equipamentos de diálise.
Suzano e Estado
O grupo sueco, inclusive, realizou investimentos semelhantes em Suzano, nos mesmo moldes e também sem revelar as cifras. Mogi e Suzano são as duas únicas cidades da região incluídas na Pesquisa de Investimentos Anunciadas, do Seade.
O levantamento ainda revelou que os investimentos anunciados no 3º trimestre de 2019 para o Estado de São Paulo foram de R$ 10 bilhões. Desse total, 49,3% estão relacionados à indústria, 41,3% à infraestrutura, 8,7% aos serviços e 0,7% ao comércio.
Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News