Mogi: Vila Dignidade será entregue hoje

Bertaiolli visitou a Vila Dignidade ontem e conheceu o projeto que recebeu investimentos de R$ 3,2 mi
Bertaiolli visitou a Vila Dignidade ontem e conheceu o projeto que recebeu investimentos de R$ 3,2 mi - FOTO: Erick Paiatto
Os 22 idosos que foram selecionados para viverem nas casas da Vila Dignidade começarão a se mudar a partir da próxima semana. O espaço será inaugurado hoje, com a presença do secretário estadual de Habitação, Rodrigo Garcia. A inauguração dá início à programação de aniversário da cidade.

A área da Vila Dignidade foi projetada especialmente para receber os moradores. As residências contam com elementos de acessibilidade, banheiro adaptado com barras de apoio e um botão de pânico. Além disso, um jardim com bancos e uma Academia da Terceira Idade (ATI) foram instalados em um terreno próximo.

A construção é uma parceria entre a Companhia de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (CDHU) com a Prefeitura de Mogi das Cruzes. Será a 16ª unidade entregue no Estado e a primeira na Grande São Paulo. O arquiteto da CDHU Marco Antonio Garcia, afirmou que todo o projeto foi pensado para atender as necessidades dos idosos. "A ideia inicial previa 24 casas, mas por causa das obras de drenagem duas acabaram suprimidas", revelou.

Para selecionar os moradores, a Prefeitura criou uma comissão especial que analisou os candidatos. Ao todo, 249 idosos se inscreveram. A seleção identificou aqueles que viviam sozinhos ou que não tinham vínculo familiar e, ainda, que possuíam renda de até um salário mínimo.

"Toda a vila é acessível. Se algum idoso necessitar de cadeiras de rodas, por exemplo, ele vai continuar a viver aqui. Caso algum idoso tenha algum problema de saúde e que precise de cuidados, ele estará sob a responsabilidade da Prefeitura. Será transferido para alguma unidade do município ou subvencionada que possua cuidadores", esclareceu o prefeito Marco Bertaiolli (PSD).

Depois que as unidades forem entregues, elas passarão a ser de propriedade da Prefeitura. Os idosos que ficaram de fora ficam em uma lista de espera, caso alguma vaga surja, serão chamados.

Um dos diferenciais das casas é o "botão de pânico" no banheiro e no quarto. Caso alguém sofre algum acidente, ele pode ser acionado para avisar os vizinhos por meio de um alarme. "A Vila Dignidade está inserida em uma área que conta com uma rua de comércio, o posto 24 horas do Jardim Universo e ponto de ônibus", ressaltou Bertaiolli.

A secretária municipal municipal de Assistência Social, Eliane Mangini, disse que a Prefeitura vai ajudar com as mudanças dos moradores. As regras de convivência entre eles também serão definidas.

Inaugurações

A inauguração da Vila será hoje às 9 horas, e abre o calendário de festividades do aniversário de Mogi que se estenderá até setembro. De acordo com Bertaiolli, serão inauguradas ainda a Delegacia Seccional e a Delegacia de Defesa da Mulher - que devem contar com a participação do secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre de Moraes. A última inauguração do dia será a via Perimetral. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) é esperado. No entanto, sua presença não foi confirmada.