Fascínio pelo antigo

Paula Richard e os protagonistas do novo folhetim: Igor Rickli (Zac), Dudu Azevedo (Asher) e Milena Toscano (Joana)
Paula Richard e os protagonistas do novo folhetim: Igor Rickli (Zac), Dudu Azevedo (Asher) e Milena Toscano (Joana) - FOTO: Reprodução
Paula Richard ainda trabalhava como colaboradora em "Os Dez Mandamentos" quando recebeu uma encomenda da Record. O vice-presidente da emissora, Marcelo Silva, pediu que ela desenvolvesse a sinopse de uma minissérie inspirada em Lucas 16, ambientada na Babilônia.

Em suas pesquisas, a autora se deparou com um período da história do povo hebreu que chamou sua atenção: o Cativeiro da Babilônia. "Inseri os personagens Rico e Lázaro nesse contexto, convivendo com os profetas Jeremias, Ezequiel, Daniel, o rei Nabucodonosor etc. Havia muita história para uma minissérie e o projeto virou novela", conta ela, sobre o processo de desenvolvimento de "O Rico e Lázaro". A nova trama bíblica da Record é sua primeira como autora titular.

Com uma rotina intensa de trabalho, Paula revela que o que mais chamou a atenção na história de "O Rico e Lázaro" foi a questão de escolha. "É uma mensagem de fé. A ideia de que é aqui, nessa vida, que você tem de fazer essa escolha, define tudo", destaca. A autora começou na Record colaborando nas novelas "Vidas Opostas", "Chamas da Vida", "Ribeirão do Tempo" e no seriado "A Lei e O Crime", além de escrever "Milagres de Jesus". Para ela, é diferente mergulhar em um mundo antigo. "A Bíblia é um livro fascinante e aprendi a estudá-lo, a compreender a fé do povo hebreu, a entender sua relação com Deus. A base da dramaturgia é a mesma, mas é preciso muito estudo bíblico e histórico", conta. ("O Rico e Lázaro'', Record. De segunda a sexta-feira, às 20h45). (T.P.)

Deixe uma resposta

Comentários