População cobra solução para prédio abandonado em praça

Espaço apresenta diversos problemas no piso e na estrutura, além das pichações
Espaço apresenta diversos problemas no piso e na estrutura, além das pichações - FOTO: Fotos: Daniel Carvalho
O cenário de abandono na Praça dos Trabalhadores de Ferraz de Vasconcelos chama a atenção de quem passa pelo local. Isso porque o Centro de Convenções construído no local segue fechado há mais de quatro anos. O prédio apresenta estrutura com rachaduras, pichações, pisos quebrados e fora do lugar, ameaçando a segurança dos frequentadores. A população alertou para os riscos de acidentes e de violência, já que o espaço também serve como esconderijo para usuários de drogas.

A reportagem do Dat esteve na praça e notou que, no entorno no prédio, há muito entulho e pisos quebrados. O local que daria espaço a um espelho d'água, em frente ao Centro de Convenções, está deteriorado e completamente seco, com muita terra e sujeira.

Enquanto nenhuma providência é adotada, a população sofre com o abandono do espaço, que seria destinado ao lazer dos visitantes. "Faz alguns anos que largaram esse prédio aqui. O espaço poderia ter outra utilidade, como uma academia, por exemplo", sugeriu o aposentado Aderaldo Chagas Vasconcelos, de 71 anos. "Se ficar assim, o local vai continuar atraindo indivíduos de má conduta e comprometer a nossa segurança", observou.

O físico Bruno Teixeira, 31, frequenta a praça com os filhos, que aproveitam o playground. Mas, ainda assim, ele avalia as condições do lugar como "horrível", por conta do abandono do prédio que ocupa um grande espaço na Praça dos Trabalhadores. "Deveriam reformar essa estrutura e dar uma utilização para ela, mas parece que o prédio está se deteriorando e vai precisar ser demolido", avaliou. "Muitas crianças e adolescentes frequentam a praça e existe o risco de desabar em cima de alguém".

Para a ajudante geral Rosana Souza Santos, 36, o ideal seria a demolição do prédio para liberar mais espaço aos visitantes. "Está perigoso trazer as crianças para brincar aqui, porque existe o risco de elas se machucarem", observou.

A dona de casa Simone Moura, 30, também acredita que a melhor solução é demolir a estrutura, já que a mesma ameaça a segurança das pessoas. "O melhor seria construir uma pista de skate, porque muitos jkatistas vem aqui nos finais de semana".

PREFEITURA AGUARDA DECISãO DA JUSTIçA

A Prefeitura de Ferraz aguarda a autorização da Justiça para demolir o Centro de Convenções construído na Praça dos Trabalhadores e que recebeu investimentos de R$ 7 milhões em gestões anteriores. No final do ano passado, logo após a vitória do prefeito José Carlos Fernandes Chacon (PRB), o Zé Biruta, nas urnas, o político afirmou que a administração não teria recursos para reformar e manter o espaço, que foi inaugurado em 2012 e precisou ser interditado no ano seguinte por causa de problemas na estrutura. Nesta semana, a Secretaria Municipal de Obras Públicas informou que, em dezembro, a empresa Falcão Bauer apresentou um relatório sobre as condições do imóvel, aconselhando a demolição e do prédio, segundo a pasta. "A atual administração está aguardando a decisão da Justiça em relação aos responsáveis pela fraude na obra do Centro de Convenções, para tomar as devidas providências", informou a pasta, por meio de nota. (F.F.)

Deixe uma resposta

Comentários