Secretário faz vistoria em córrego do Jardim Belém

Após chuvas, desassoreamento aliviou córrego do Jardim Belém
Após chuvas, desassoreamento aliviou córrego do Jardim Belém - FOTO: Wanderley Costa/SECOP SUZANO
O secretário de Manutenção e Serviços Urbanos de Suzan, Ari Serafim Barbosa, vistoriou, na manhã da sexta-feira passada, o córrego do Jardim Belém que recebeu limpeza e desassoreamento por parte da administração municipal e de parceiros após o temporal que caiu na cidade há três semanas. A ação faz parte do trabalho de prevenção às enchentes do governo do prefeito Rodrigo Ashiuch (PR).

Durante a inspeção, técnicos do Poder Executivo perceberam que as ações empreendidas nos últimos dias apresentaram resultados satisfatórios, já que não houve nenhuma ocorrência grave, mesmo com a chuva que caiu na cidade na semana passada.

De acordo com Barbosa, após a tempestade da noite de 14 de março, que resultou em alagamentos severos, desabrigados e desalojados na região do Jardim Belém, Ashiuchi solicitou providências emergenciais de limpeza e de desassoreamento do córrego do bairro, além de um estudo técnico para canalização dos cursos d'água.

O pedido, inclusive, foi compartilhado com um supermercado atacadista, localizado na rua Prudente de Moraes, no Jardim Belém, e que foi afetado pelo temporal, e, também, a com a corporação responsável pela manutenção da linha 11-Coral da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), já que o percurso da água passa por debaixo dos trilhos.

Os trabalhos de melhoria para o escoamento foram iniciados um dia após a forte chuva, em 15 de março. A prefeitura coordenou a operação com algumas  empresas 

Segundo o secretário municipal de Manutenção e Serviços Urbanos, a limpeza e o desassoreamento duraram cerca de quatro dias, sendo que foram retiradas aproximadamente 470 toneladas de lixo do córrego que corta o Jardim Belém. "O córrego sofria com alagamento há anos. Contudo, nada era feito. Com a forte chuva em março, no entanto, todos os envolvidos se mobilizaram rapidamente, e intensificaram a limpeza e o desassoreamento. Mas, o trabalho continua. O prefeito pediu monitoria periódica nesta região. Atualmente, o local não está alagando mais, como bem podemos notar nesta semana, quando choveu consideravelmente em Suzano", observa Barbosa.

O chefe do Poder Executivo também solicitou à empresa que cuida da linha férrea um estudo que possibilite a substituição de duas tubulações, de 80 centímetros, cada, para duas aduelas, de um metro e meio. O objetivo é melhorar o escoamento das águas que vêm do Jardim Portugália e do Jardim Nazaré.

Deixe uma resposta

Comentários