Mamoru destaca experiência para melhorar atual gestão

Chefe do Executivo tem driblado problemas, como a crise, para manter os serviços essenciais no município
Chefe do Executivo tem driblado problemas, como a crise, para manter os serviços essenciais no município - FOTO: Daniel Carvalho
A experiência adquirida no primeiro mandato é o grande diferencial da atual gestão do prefeito Mamoru Nakashima (PSDB), que completou ontem cem dias à frente do cargo. O chefe do Executivo tem se desdobrado para driblar as dificuldades e manter os serviços essenciais, mas a crise financeira nacional tem atingido a cidade de forma bastante incisiva, tanto que, caso o município não conte com novos investimentos dos governos estadual e federal, poderá fechar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Caiuby, inaugurada em sua primeira gestão.

De acordo com Mamoru, nestes primeiros meses do ano, seu objetivo foi "reestruturar a administração para que possa ser mais eficiente, trabalhando mais e gastando menos". Ele ressaltou que no início de seu primeiro mandato também enfrentou um momento de dificuldades financeiras como o de agora. "A diferença é que hoje temos a experiência necessária para que as medidas sejam tomadas logo no primeiro instante", destacou.

Entre as medidas adotadas nesses primeiros meses está, na área de Educação, a entrega de 40 mil kits de material escolar. Para as próximas semanas, a meta da prefeitura é entregar duas novas creches e ainda abrir concurso público para contratação de professores.

No setor de Segurança Pública, o destaque foi o reforço em estrutura das bases da Guarda Civil Municipal (GCM), em especial no Parque Piratininga, onde já é possível registrar boletim de ocorrência no local. Por meio da parceria firmada entre a administração municipal, serão beneficiados moradores dos bairros Parque Viviane, Chácara Coqueiro, Jardim Tropical, Chácara São Miguel, entre outros. "Disponibilizar essa estrutura será importante para facilitar o acesso da população aos boletins. Nossos GCMs estão preparados para atender e orientar as pessoas que buscarem pelo serviço", destacou o prefeito

Para reduzir o déficit habitacional do município, os moradores de Itaquá receberam mais de 600 moradias em fevereiro. Os apartamentos do Condomínio Jardim Altos do Pinheirinho I são resultado de uma parceria entre o governo do Estado, por meio da Casa Paulista, e o programa federal "Minha Casa, Minha Vida".

A nova administração do prefeito Mamoru também deu atenção especial aos serviços de zeladoria nesses primeiros cem dias de governo. A Secretaria de Serviços Urbanos tem trabalhado em bairros como Parque Viviane II, Vila Arizona, Vila Virgínia, Jardim Josely, Jardim Amanda, Jardim Mônica, Monte Belo, Jardim Viana, Jardim Moraes, Jardim Luciana, Jardim São Paulo e Jardim Odete. Entre as ações realizadas estão pavimentação, capinação e limpeza

Dificuldades

Apesar de avançar em setores como Educação, na área da Saúde, o chefe do Executivo enfrenta problemas que podem por fim ao atendimento na UPA do Jardim Caiuby. A unidade custa mensalmente aos cofres públicos da cidade cerca de R$ 1,5 milhão, sendo que o subsídio do governo federal é de R$ 175 mil por mês. "Nós estamos atendendo em nossas duas unidades 24 horas pessoas de toda região do Alto Tietê e até da Zona Leste e agora chegamos ao limite, precisamos de mais apoio financeiro", disse Mamoru.

A UPA tem sido um dos serviços, inaugurados no primeiro mandato de Mamoru, mais bem falados pelos moradores de Itaquá.

QUADRO

Balanço de ações


Educação
Entrega de 40 mil kits de material escolar
Conclusão das obras de duas creches

Segurança
Elaboração de boletim de ocorrência na base da GCM do Parque Piratininga
Pedido ao governo do estado para criação da Delegacia de Mulher

Cultura
Aberta de vagas em novos cursos e oficinas

Habitação
Entrega de 610 moradias no Conjunto Pinheirinho

Serviços Urbanos
Limpeza, tapa-buraco e capinação de 12 bairros

Deixe uma resposta

Comentários