Almeida é eleito presidente do diretório

Em uma eleição disputada, Alexandre Almeida, que é assessor do vereador Rodrigo Valverde (PT), venceu para presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores em Mogi das Cruzes. Almeida também é presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Autoescolas, Transporte Escolar e Despachantes de Mogi e Região, e venceu com 288 dos 445 votos dos correligionários, sendo que 275 foram para a sua chapa "Mogi Avançando" e 119 para a chapa "Voz Ativa" de seu oponente, o professor da Etec, Cláudio Betzler, que ficou com 117 votos. O pleito aconteceu no último domingo, das 9 às 17 horas, no plenário da Câmara Municipal. Na região, foram eleitos presidentes de outros diretórios na mesma data.

Almeida sucedeu justamente Valverde na presidência da sigla na cidade e, gozando do apoio do vereador, ressaltou que os colegas de partido compreenderam o propósito das ideias que pretende desenvolver ao longo dos próximos dois anos. "Vamos fazer um esforço para organizar o partido com todos os filiados, para construir uma Mogi das Cruzes melhor", disse. Procurado para comentar sua votação e propostas, Betzler estava lecionando e não pôde falar com a reportagem.

Para o vereador Valverde, que agora se revezará com Paulo Costa no Diretório Regional do PT, que responde por Guarulhos mais dez cidades do Alto Tietê, a vitória de Almeida foi importante para manter uma "política de alianças" em Mogi e estreitar mais o relacionamento com a Coordenadoria Regional. "A vantagem de eu ter sido dirigente municipal é que sei da dificuldade de formar uma chapa. E essa chapa vencedora visa fortalecer a individualidade do partido, mas respeitando o diálogo", afirmou, lembrando que hoje há 2,6 mil filiados.