Artesp propõe nova via para desenvolvimento do Taboão

Com deputados, diretor da autarquia sugeriu duplicação da Estrada Taboão-Parateí
Com deputados, diretor da autarquia sugeriu duplicação da Estrada Taboão-Parateí - FOTO: Divulgação
Em reunião agendada na manhã de ontem pela Frente Parlamentar para o Desenvolvimento do Distrito Industrial do Taboão, coordenada pelo deputado estadual Marcos Damasio (PR), o diretor de Operações da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), Alberto Silveira Rodrigues, propôs investimentos na duplicação de 10 quilômetros da Estrada Taboão-Parateí, via que corre paralelo à Rodovia Ayrton Senna.

A proposta é uma alternativa para o desenvolvimento industrial do distrito, uma vez que o pedido apresentado pela Frente Parlamentar de construção de mais um acesso ao distrito pela Ayrton Senna foi descartado pelo diretor. Segundo Rodrigues, técnica e juridicamente não é possível a implantação de mais acessos, além dos já existentes, uma vez que a rodovia é de Classe 0 (zero), ou seja, de alta velocidade.

Damasio lamentou a notícia, mas ressaltou que o mais importante é que o governo se posicionou e deu uma resposta, possibilitando que o grupo busque outras soluções para garantir o fortalecimento deste importante polo industrial da Região Metropolitana de São Paulo. "Saímos da reunião com uma proposta de melhorar a Estrada Taboão-Parateí, um trabalho a médio e longo prazo", disse.

O republicano informou que o próximo passo é agendar uma reunião com o prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo (PSDB), e com o secretário de planejamento, Francisco Chavedar, para envolvê-los neste novo projeto e verificar se a prefeitura tem condições de desenvolver o projeto. "Se não for possível, vamos juntos buscar a ajuda do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) para, só então, com um projeto e um orçamento em mãos, falarmos com o governador", explicou o deputado.

O vice-líder do PR na Assembleia também aprova a ideia de unir forças com o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) para defender este investimento, uma vez que a obra ganha caráter de desenvolvimento regional por refletir positivamente em outros municípios da região.

Participaram também do encontro os deputados André do Prado e Luiz Carlos Gondim e a representante do deputado Estevam Galvão (todos membros efetivos da Frente do Taboão), além do diretor da Ecopistas, Jeancarlo Mezzomo, do subsecretário de Assuntos Parlamentares da Casa Civil, Mário Sérgio Matsumoto, do secretário de Desenvolvimento de Mogi das Cruzes, Rinaldo Sadao Sakai, e de técnicos da Artesp.

Deixe uma resposta

Comentários