Vereadores cobram ações para Esporte

Bezerra afirmou que unidade atende 10 mil pacientes
Bezerra afirmou que unidade atende 10 mil pacientes - FOTO: Marcelo Alvarenga/CMMC
Os vereadores cobraram mais investimentos por parte da Prefeitura de Mogi das Cruzes na área do Esporte. De acordo com os parlamentares, algumas modalidades como o atletismo não contam com o apoio necessário. Uma das soluções apontadas foi a criação de Parcerias Público Privada (PPPs) e estímulo a lei de incentivo ao esporte.

O assunto foi levantado pelo vereador Francisco Moacir Bezerra de Melo Filho (PSB), o Chico Bezerra. "Um grande feito foi a reforma do Centro Esportivo do Água Verde, que passa a contar com um campo de futebol que custou cerca de R$ 400 mil. O apoio ao esporte na cidade está muito precário. É feito o investimento no basquete, que leva o nome da cidade, mas existem outros setores que precisam de atenção".

Para o Bezerra, o atletismo é uma das modalidades que merecem mais investimentos no município. "Temos uma cidade com 500 mil habitantes e não contamos com uma pista de atletismo. Não vemos a formação de atletas em Mogi", acrescentou.

O vereador Mauro Araújo (PMDB) lembrou que há alguns anos o governo do Estado havia prometido entregar uma pista de atletismo para a cidade. "Essa foi a contrapartida oferecida para que a cidade recebesse os Jogos Abertos em 2013. O presente para Mogi seria a pista, mas para variar isso caiu no esquecimento e nada foi feito. Mas, quero discordar um pouco e lembrar que a cidade tem avançado muito no esporte. Foram construídas, por exemplo, mais de 50 ATIs (Academias da Terceira Idade) com professores. Chegamos em um nível de serviço em que a população demanda mais", disse.

Para o vereador Caio Cunha (PV) a cidade precisa investir na base dos esportes. "Contratar atletas de outras cidades para representar Mogi chega a ser um absurdo. Falta um planejamento e investimento na base", avaliou.

Segundo o vereador e presidente da Comissão de Esporte e Turismo, Marcos Furlan (DEM), uma das saídas seria a parceria com empresas para conquistar recursos para o esporte. "Vemos que alguns segmentos não tem a mesma oportunidades que outros. Hoje, o problema apontado é a falta de recursos, mas está na hora de se mexer um pouco. Uma PPP para manter os parques e alguns equipamentos é uma possibilidade. É inegável que o esporte melhorou muito, mas o cobertor é pequeno", ressaltou.

Pavimentação

O vereador Antonio Lino da Silva (PSD) apresentou um projeto de lei para que a utilização de piso intertravado em estacionamentos, leitos carroçáveis de vias de circulação, empreendimentos habitacionais, condomínios de atividades econômicas e industriais se torne obrigatória. De acordo com o parlamentar, a iniciativa ajudará na absorção da água da chuva e vai colaborar para evitar enchentes. A proposta precisa ser analisada pelas comissões pertinentes antes de seguir para votação.

Deixe uma resposta

Comentários