Médico dá dicas de prevenção contra doenças respiratórias

Com a chegada do outono, é comum o surgimento de doenças inerentes ao trato respiratório, principalmente as gripes e os resfriados. Para atender a alta demanda nesta época do ano, Suzano mantém uma estrutura especial nas 22 Unidades Básicas de Saúde (UBS). Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde deu início à vacinação gratuita contra o vírus da gripe em 17 de abril . A imunização segue até o dia 26 de maio (confira o calendário no quadro). De qualquer forma, há como evitar o contágio, segundo o médico Paulo Henrique Braga Bizarria. Para o profissional, que trabalha na rede básica da cidade, a prevenção ainda continua sendo a melhor alternativa.

Pneumologista e tisiologista (especialista em tuberculose), Bizarria defende que, o hábito de manter as mãos sempre limpas é uma das principais armas contra as enfermidades que atingem diretamente o sistema respiratório:

"Nos meses que compreendem as estações mais frias do ano, os vírus se disseminam mais facilmente. Além disso, as pessoas costumam ficar mais aglomeradas e em lugares com pouca ventilação, facilitando o contágio. Então, a dica é se prevenir, mantendo as mãos limpas e, mesmo assim, não levá-las à boca ou colocá-las em contato com os olhos. Também é recomendável evitar aglomerações e lugares pouco ventilados", explica o médico.

As doenças mais comuns entre o outono e o inverno são as gripes e os resfriados, que são transmitidas por diferentes vírus. Contudo, os sintomas das mesmas são tratáveis. Quando não recebem a atenção devida, no entanto, podem evoluir e prejudicar sobremaneira o paciente. Em alguns casos, principalmente quanto à gripe, o estado severo da enfermidade pode levar à morte, conforme aponta Bizarria:

"O resfriado atinge as vias aéreas superiores, causa febre baixa, coriza e congestão nasal. Já a gripe, manifesta-se por meio de tosse, dores musculares e febre alta. Se houver complicação, a gripe evoluiu para pneumonia, que é uma doença inflamatória do pulmão associada à febre e à falta de ar. Se não tratada, é perigosa, levando alguns pacientes a óbito", observa o pneumologista.

Idosos e crianças são mais vulneráveis a gripe e aos resfriados, bem como pacientes que se submetem a tratamento de doenças crônicas e àqueles que apresentam baixa imunidade. Para este público, Bizarria indica atenção redobrada:

A vacina contra a gripe será aplicada na rede básica de Suzano até 26 de maio, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. A imunização é gratuita. É preciso levar documento de identidade e portar a caderneta de vacinação. A dose não é recomendada a quem têm alergia à proteína do ovo, que tenha tido reações adversas em imunizações anteriores e que esteja com febre. Mais informações: 4745-2048.

VACINAçãO CONTRA A GRIPE

Confira as etapas de imunização:

1ª Fase:
De 17 a 21 de abril
Público-alvo: homens e mulheres com mais de 60 anos;

2ª Fase:
De 24 a 28 de abril
Público-alvo: gestantes, mulheres que recentemente deram à luz e crianças que tenham idade entre 6 meses e 4 anos;

3ª Fase:
De 2 a 5 de maio
Público-alvo: portadores de doenças crônicas e munícipes com imunidade corporal comprometida;

4ª Fase:
De 8 a 26 de maio
Público-alvo: profissionais de ensino das escolas públicas (estadual e municipal) e particulares de Suzano;


Fonte: Prefeitura de Suzano

Deixe uma resposta

Comentários