Saúde Funcional

A disfunção temporomandibular (DTM) acomete os músculos da mastigação, a articulação temporomandibular (ATM) e as estruturas relacionadas, alterando a realização de funções essenciais como mastigar alimentos e falar adequadamente. A estrutura que liga a mandíbula (queixo) ao o crânio (têmpora) chama-se Articulação Temporomandibular (ATM).

Essa articulação é formada por diversas estruturas como tecidos ósseos, disco articular, músculos, ligamentos, cápsula articular, entre outras estruturas, apresentando um denso suprimento sanguíneo e nervoso. Além disso, é uma articulação bilateral que funciona como uma unidade única, ou seja, a articulação direita não pode mover-se independentemente da esquerda, e vice-versa.

Pode ser que você nunca ouviu falar da ATM, mas a usa inúmeras vezes durante o dia. Elas trabalham muito quando você fala, mastiga, engole ou boceja, portanto, é por isso que ela é a articulação mais usada no corpo humano, podendo realizar até 2000 movimentos diários.

Na disfunção temporomandibular (DTM), além dos sintomas dolorosos de longa duração, as pessoas podem apresentar sintomas variados como fadiga, sensibilidade na musculatura mastigatória, ruídos e limitação do movimento, que dificultam o diagnóstico e tratamento. Ocorre em diversas faixas etárias com maior concentração dos casos em pessoas entre 20 e 45 anos podendo obter alterações funcionais como abrir a boca ou movimentar lateralmente a mandíbula, desconforto ao mastigar, dor ou desconforto na região dos músculos da face, ombros, cervical ou cabeça e ruídos na ATM, atingem mais de 60% da população.

A causa da DTM é complexa e envolve muitos fatores que podem desencadear a patologia são eles: má oclusão, má postura, trauma, aceleração ou desaceleração cervical, frouxidão ligamentar, estresse emocional, hábitos parafuncionais (morder canetas/lápis, mascar chicletes), parafunções (bruxismo e apertamento) entre outros.

Lembrando também, que uma pessoa, pode ter um só sintoma ou ter, vários sintomas, ao mesmo tempo. Por isso é importante, que passe por consulta com especialistas, pois é uma disfunção que poderá depender de um trabalho multidisciplinar da saúde: fisioterapia, psicologia, odontologia e fonoaudiologia para que obtenha não só uma melhor avaliação dos sintomas relacionados, a ATM ou DTM, como também um conduta de tratamento mais correta possível.

Deixe uma resposta

Comentários