Contracapa

Juliano Abe e Eduardo Suplicy
Juliano Abe e Eduardo Suplicy - FOTO: Divulgação
Suplicy

O vereador paulistano Eduardo Suplicy (PT) esteve anteontem em Mogi para conhecer o trabalho que é realizado pela Ong Recomeçar, que atende e dá abrigo a mulheres vítimas de violência doméstica. O petista conversou com as acolhidas e também com a direção da entidade, comandada por Rosana Pierucetti.

Livros

No encontro, Suplicy foi recebido pelo vice-prefeito Juliano Abe (PSD). A conversa teve até troca de livros. Suplicy entregou um exemplar do Renda de Cidadania e Juliano Abe ofereceu um sobre os 50 anos do Semae.

Em comum

O petista disse ao vice-prefeito que eles tinham algo em comum no âmbito eleitoral-legislativo. "Somos os vereadores mais votados em nossas cidades", disse Suplicy, referindo-se à votação recorde que recebeu em 2016 para a Câmara de São Paulo e também à eleição de Juliano Abe em 2012, a mais significativa até hoje em Mogi.

Chupeta

No final do encontro, quando Suplicy estava indo embora, seu carro não dava partida. Prontamente, Juliano Abe pegou os itens necessários e se dispôs a fazer uma "chupeta" na bateria. Aí sim, só depois, o vereador paulistano conseguiu se despedir e voltar para a capital.

Caminhada de Ogum

Será realizado no próximo domingo, dia 23, a partir das 9 horas, a 1ª Caminhada de Ogum. A iniciativa é do Grupo Axé Mogi. Após concentração no Largo Bom Jesus, os participantes seguirão rumo ao Largo do Rosário. Uma viatura do Corpo de Bombeiros conduzirá a imagem de São Jorge durante o percurso. Ao final da caminhada haverá apresentações culturais e religiosas.

Greve

Um encontro marcado para amanhã, às 9 horas, na sede do Sindicato dos Rodoviários de Mogi e Região, vai discutir os preparativos para uma greve geral convocada para 28 de abril. A reunião terá a participação de representantes de 18 entidades sindicais da cidade e do Alto Tietê.

Temas

Entre os assuntos que serão debatidos estão os projetos de reforma previdenciária e de terceirização. A coordenação da plenária e a exposição das propostas de mudanças serão feitas por representantes da Advocacia Zambotto, que presta assessoria jurídica a diversos sindicatos do Alto Tietê.

Deixe uma resposta

Comentários