Economia local

A economia do Alto Tietê ganhou um presente com a inauguração do Itaquá Garden Shopping ontem. O novo centro de compras vem para somar e aumentar o interesse de consumo das pessoas dentro da região. Nos últimos anos, as cidades têm investido em boas opções que ajudam os consumidores a comprarem por aqui e não mais na capital. Se não dá para competir com os shoppings e as lojas de São Paulo, garantir a qualidade dos serviços é o principal diferencial que podemos ter em nossos municípios.

Durante muito anos, políticos mogianos reclamavam que muitas pessoas da cidade só faziam compras nos shoppings da capital. Este tema foi debate várias vezes em sessões da Câmara, por exemplo. Hoje a realidade mudou bastante e não só os mogianos, mas os demais moradores do Alto Tietê pensam duas vezes antes de sair da região. Claro que alguns produtos ainda são exclusividades dos paulistanos e, além disso, tem a questão turística, pois São Paulo é e sempre será uma ótima opção de passeio. A questão é que o dinheiro da região começa a ser gasto dentro da região, fazendo a economia local girar.

Para continuar atraindo clientes é preciso um esforço contínuo das cidades para trazer empreendimentos e investimentos para os municípios. Nesse plano, vale a pena lembrar que manter as ruas sem buracos, os parques bem conservados e a boa segurança das pessoas conta bastante na hora de uma família pensar em um passeio ou em uma visita ao centro da cidade ou ao shopping. Independentemente da classe social, as pessoas querem qualidade.

O Itaquá Garden Shopping conseguiu atrair a atenção de todos e garantiu seu nome ao lado dos outros dois grandes centros de compras do Alto Tietê: o Mogi Shopping e o Suzano Shopping. Um dos grandes atrativos da unidade é a proximidade com a rodovia Ayrton Senna (SP-70). Caso os administradores instalem um enorme outdoor às margens da via, poderão chamar a atenção dos milhares de motoristas que trafegam por ali e, com isso, garantir clientes de fora da região. Ou seja, além de suprir a necessidade local, será capaz de captar verba vinda de outros lugares.

O Alto Tietê possui uma capacidade muito grande de melhorar sua economia, mas para isso os políticos precisam entender a importância de cuidar bem de suas cidades. A via que liga Mogi das Cruzes a Suzano, e também Itaquaquecetuba, por exemplo, costuma estar sempre cheia. Com um melhor tráfego na SP-66 e com asfalto em melhores condições, mais pessoas visitarão a cidade vizinha e vice-versa. Investir em qualidade gera dinheiro.