Tribuna

Contas

A Câmara de Ferraz de Vasconcelos votará, na sessão do próximo dia 3, se aprova ou não as contas da prefeitura relativas ao exercício de 2013, quando a cidade era comandada pelo ex-prefeito Acir Filló (sem partido).

Alerta

O político, inclusive, foi preso ontem em função de indícios de irregularidades encontrados em sua administração. Sua prisão, certamente, acendeu uma luz de alerta em outros ex-prefeitos da região que também passam por investigação. Conforme a coluna apurou, outro ex-chefe de Executivo do Alto Tietê pode ter a prisão decretada em breve.

Delação

Filló promete utilizar o recurso da "delação premiada" para se livrar de futuras condenações. Durante entrevista na Delegacia de Ferraz, na manhã de ontem, ele afirmou que poderá denunciar muita coisa, inclusive irregularidades com a participação do governo do Estado.

Governador

Vale lembrar que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) é seu padrinho de casamento e visitou a cidade do ex-prefeito algumas vezes durante sua gestão. O tucano, inclusive, foi procurado pela esposa de Filló, Viviane dos Santos, na semana passada, durante inauguração do Fórum de Brás Cubas.

Deixe uma resposta

Comentários